Home » Posts tagged "Câncer"

RELATO DE ESTUDO DE CASO DE PACIENTE MASTECTOMIZADA E HISTERECTOMIA TOTAL E AS ESSÊNCIAS FLORAIS DA CALIFORNIA

RELATO DE ESTUDO DE CASO DE PACIENTE MASTECTOMIZADA E COM HISTERECTOMIA TOTAL E AS ESSÊNCIAS FLORAIS DA CALIFORNIA

Profª Rosangela Vecchi Bittar site para venda dos livros desta autora: http://pensandonatural.com.br/categoria-produto/livros/

agenda de cursos e eventos: http://pensandonatural.com.br/eventos/

 

Trabalho com as essências florais há cerca de trinta anos, eu comecei estudando justamento os florais da FES. Em 2008 iniciei meus trabalhos voluntários no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco que seguiram até início de fevereiro de 2013 dentro da Clínica de Oncologia atendendo a pacientes oncológicos, aos funcionários inclusive aos profissionais de saúde sendo mais frequente a equipe de enfermagem do hospital e os familiares das pessoas atendidas na clínica e internadas no hospital em diversas fases do tratamento oncológico. Foram mais de 5800 atendimentos com Terapia Floral neste local, onde realizei pesquisa qualitativa com humanos usando os remédios florais em pacientes com câncer em tratamento principalmente quimioterápico, radioterápico, em cuidado paliativo, clínica de curados em acompanhamento médico registrada em 2008 e concluída em 2009 seguindo todos os tramites legais da acadêmica passando pelo Comitê de Ética da área de Saúde da Universidade Federal de Pernambuco e registrada no Ministério da Saúde do Brasil respeitando as normativas de pesquisa com a respectiva assinatura do “Termo de Consentimento Livre esclarecido” obrigatório no Brasil (onde se respeita rigorosamente a confidencialidade, o anonimato e a integridade física e psíquica do indivíduo que participa da pesquisa onde autoriza o uso de apenas os dados pessoais).

Os casos tratados referem-se principalmente ao câncer de mama, útero, laringe, língua, esôfago,  estomago intestino (em suas diversas partes), coluna, cérebro, pele, fígado, vesícula biliar, pâncreas, ossos, bexiga, pulmão, rins, linfático de várias tipologias, próstata, pênis e metástase.

O campeão no sexo feminino no Brasil e no mundo ainda é o de mama, útero, intestino e no sexo masculino no Brasil tem sido pulmão, estomago, intestino.

Embora existam as causas fisiológicas e ambientais para o câncer tenho verificado que o combustível ou o gatilho para que esta doença se instale em 90% dos casos tem sido de ordem emocional.

Algumas observações sobre a causa provável de ordem emocional dos tumores com base em minha pesquisa:

 Mama – geralmente ocorre após uma depressão que pode ocorrer por diversos eventos traumáticos. Seu surgimento envolvem situações emocionais passadas, carências, existenciais, perdas afetivas por morte (de mãe, irmã, filhos, esposo), separação do cônjuge, traição. Concomitante mágoa, ressentimento, tristeza, saudade, vitimização. Também ocorre bastante com mulheres solteiras, em filhos que tiveram de cuidar de pais, etc. No câncer de mama mágoa, dor afetiva, por perda de ente querido, por separação, decepção amorosa, violência doméstica, abuso sofrido. Como diz esta citação de Shakespeare “guardar ressentimento é como tomar veneno…”

Ossos – falta de estrutura, apoio seja emocional e/ou familiar, medo do futuro, sentimento de culpa e desamparo. Pode ocorrer por metástase.

Ovários – devido a problemas emocionais correntes da própria concepção (quando foi gerado ou por gerar outro ser, ou até por não ter sido mãe), criatividade, criar, gerar.

Pâncreas – falta de aceitação dos conflitos da vida que lhe são apresentados, tranquilidade interior.

Pele – envolve questão de limite, limites estes invadidos por outros geralmente por permissividade própria.

Próstata – geralmente medo, questões ligadas à sobrevivência.

Pulmão – tristezas, depressão, ferimentos emocionais, angústia.

Rins – raiva, medo, desapontamento, vergonha, desistência de viver.·.

Tireoide, traqueia – por humilhações sofridas e não compartilhadas verbalmente.

Útero – geralmente pessoa carente não se sente amada, acolhida (pode ser no presente e no passado). Também por mulheres que não exerceram a maternidade na plenitude por diversos motivos não puderam ser mãe ou não quiseram; tiveram que trabalhar para sustento não tendo tempo para se dedicar aos filhos ou os abandonaram. Também mulheres que foram traídas pelo parceiro em geral.

 RELATO DO CASO:

O caso refere-se a uma mulher de 48 anos, solteira, com uma filha adotiva, no momento em acompanhamento na clínica de curado de um câncer na mama direita que foi mastectomizada em maio de 2012. Anterior ao câncer de mama ela já havia feito outra cirurgia onde havia retirado todo o aparelho reprodutor feminino ( HISTERECTOMIA TOTAL realizada em 2006 devido ao surgimento de mioma). Durante o tratamento do câncer de mama  além da mastectomia fez aplicações de quimioterapia, radioterapia. Muito religiosa, cuidou dos pais, professora aposentada, rígida, cética, relacionamentos afetivos que não deram certo, apresenta ansiedade e medo do câncer retornar.

– O motivo pelo qual procurou o atendimento com os florais embora assegurasse que não acreditava no tratamento, era que já havia tentado muitas opções de tratamento para as ondas de calor que sentia em consequência a histerectomia  e porque também não conseguia dormir.

Prescrição dos remédios florais:

 

-COLUMBINENome botânico: Aquilegia formosa. É uma essência que fortalece uma das questões que mais fica abalada numa mulher com câncer o poder pessoal, sentir-se adequada depois das modificações impostas pela doença e neste caso pelas duas cirurgias mutiladoras da mama e do aparelho reprodutor feminino. O que promove insegurança, vergonha. Também é muito bem utilizada nas questões de crise de meia idade que neste caso foi antecipada pela intervenção cirúrgica mencionada. Para a autoapreciação, individualidade,  assumir riscos no âmbito social ou criativo.

 

ANGÉLICA – Nome botânico Angelica archangelica . É uma essência floral relacionada ao mundo espiritual  pois convoca o anjo protetor, conforta, ampara, alinha, facilita a união da matéria e o espírito. Indicada para se usar em momentos de crise, harmoniza os chacras, nos casos de perturbações neurológicas. É um floral de alinhamento e proteção. Tenho tido excelentes resultados quando associada para auxiliar nas questões de problema de sono junto com Garlic e em alguns casos principalmente em crianças com sindrome das pernas inquietas ou com o componente de durorese noturna deve ser associada a essência floral Saint John Wort.

 

EQUINACEA – Nome botânico: Echinacea purpurea . Esta essência floral auxilia na recuperação da integridade física e emocional  após situações de trauma, abuso sofrido, cirurgia e estresse do tratamento médico. Também para fortalecer o sistema imunológico e a autoestima da pessoa tratada.

 

HYSSOP – Nome botânico: Hyssopus officinalis.  Aliviar as crenças de culpa versus processo de adoecimento, tristeza e raiva limpar o emocional , desbloquear liberar a carga emocional (pois a paciente em sua vida pregressa cuidou dos pais e mesmo sozinha resolveu adotar uma criança já que não podia mais engravidar). O Hyssopus officinalis É uma planta que combate a ansiedade, esgotamento mental, concede agilidade mental, estimula o sistema nervoso, é  adstringente, antiespasmódico, antivirótico, carminativo, diaforética, diurético, emenagogo, sedativo.

 

GLASSY HYACINT – Nome botânico: Triteleia lilacina.  Esta essência floral concede ressurreição após sofrimento traumático, viabiliza a transformação emocional para a cura; nas situações de desespero e aflição que somatiza fisicamente em calores e desconforto diversos.

 

EASTER LILY Nome botânico : Lilium longiflorum . Esta essência floral traz pureza interior da alma que abraça todos os aspectos da vida e do corpo, tem sido útil nas questões relativas ao aparelho reprodutor feminino.

 

SCARLET FRITTILARY – Nome botânico: Fritillaria recurva.  Essência indicada devido a exaustão das forças vitais. Concede integração de forças; vitalidade sexual e saúde do sistema reprodutivo compensando as perdas relativas a extirpação do aparelho reprodutivo feminino.

 

GARLIC – Nome botânico: Allium sativum . Esta essência concede habilidade em responder de forma vital e restauradora; para medo do câncer retornar; assegura proteção espiritual através do afastamento de energia negativa e auxiliar na questão do problema de insônia mencionado pela paciente.

 

RESULTADO:

Os calores relatados e incômodos cessaram por completo. Diz que “agora crê que as essências florais realmente funcionam!” Relata estar mais tranquila, disposta, dormindo bem. Solicita novo vidro contendo a formula  descrita as essências florais acima descritas.

 

FORMA DE USO (POSOLOGIA): 4 gotas seis vezes ao dia. Esta recomendação tem sido usada em pacientes com câncer na clínica de oncologia pois tem sido a mais eficaz no tratamento destes pacientes.

 

Profa. Rosangela Vecchi Bittar Especialista em Terapia Floral pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE

 

Atua na Terapia Floral desde 1992 conhecedora de diversos Sistemas Florais; Bach, California, Australia, Pacific Essence, os brasileiros: Saint Germain (professora habilitada desde 2012) , Minas, Filhas de Gaia. Pesquisadora com trabalhos publicados, Mestre em Reiki Usui, Magnified Healing, Aromaterapeuta, Cromoterapeuta, Bioletrografista (foto kirlian). Escritora, palestrante em diversos eventos e congressos, pesquisadora com pesquisa realizada com humanos no Hospital das Clínicas da UFPE em 2008 a 2009 com pacientes oncológicos registrada no Ministério da Saúde já concluída. Temas de trabalhos apresentados em Congressos como palestrante convidada e eventos públicos: Envelhecimento, Alzheimer, Oncologia, Doenças Reumáticas, Obesidade, Depressão, Cuidados Paliativos, Espiritualidade, Desenvolvimento Humano e Qualidade de Vida. 

Livros publicados: Os Benefícios das Essências Florais de Bach no Alzheimer – 2011; Uso Prático da Terapia Floral na Obesidade (VERSÃO EBOOK 2009 E CONVENCIONAL EM 2012); Aromaterapia na Vida Diária (recomendado como  único livro em português pela Revista Mente e Cérebro na Edição nº ) 2013; Manual das Essências Florais do Sistema Floral de Saint Germain no Alzheimer –  2014; A Terapia Floral na Oncologia, 2014.

Voluntaria da Associação Brasileira de Alzheimer desde 2008 desempenhou a função de Coordenadora de Praticas Complementares a Saúde de 2008 a 2015; Terapeuta Floral voluntária do Instituto Cristina Tavares de Apoio ao Adulto com Câncer de mar/2013 a dez. 2014; Consultora do Núcleo de Tele-Saúde da Universidade Federal de Pernambuco – Brasil; ministra cursos sobre o uso dos florais no Alzheimer, câncer, Obesidade, Fibromialgia, as Essências Florais conforme os princípios da Medicina Tradicional Chinesa e Terapia Floral na Espiritualidade.

Continue lendo este post

palestra em Salvador dia 24 de outubro

Palestra gratuita
OS BENEFÍCIOS DO USO DA TERAPIA FLORAL Na ONCOLOGIA
DIA 24.10 ÀS 19:30 HS
Ministrada por Rosangela Vecchi Bittar
Pesquisadora do tema, escritora Especialista, em Terapia com Essências Florais pela UFPE.
Local: Espaço Ateliê da Alma
Rua São Paulo, Edifício Residencial Leuter n.º 683 apto. 201 Pituba Salvador

Informações e inscrições:
Silvia (à tarde) 71 3248-3246
Monica Prado 71 2132-1214; 8665-4904; 9638-1216 monicadoprado@hotmail.com
rosangela.bittar@globo.com
Site: www.pensandonatural.com.br

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta com as seguintes especialidades: Titulo de Especialista em Terapia com Essências Florais pela Universidade Federal de Pernambuco (com prática de Terapia Floral desde 1992), Aromaterapeuta, Terapeuta Floral, Mestre em Reiki, Cromoterapeuta, Bioletrografia, Professora, Escritora, Palestrante convidada dos temas relacionados às práticas complementares, Envelhecimento Saudável, Prevenção, Alzheimer e Câncer. Coordenadora de Práticas Integrativas e Complementares da Associação Brasileira de Alzheimer Reg. Pernambuco gestão 2008 a 2016 introduziu o uso dos florais na regional através dos grupos de apoio e divulga o trabalho dos florais neste contexto em vários estados brasileiros, participou do VII CONGRESSO BRASILEIRO DE ALZHEIMER em Belém do Pará no período de 24 a 27 de agosto de 2011 como palestrante tema: Práticas Complementares no Alzheimer em apoio a Sobrecarga do Cuidador: A Terapia Floral. 2013, Professora do Curso de cuidador de Idoso do IPETI, 2012, Professora do Curso de Cuidador da ABRAz RJ (Projeto da Universidade Federal Fluminense UFF).

2008- 2009, Pesquisa científica intitulada: “A Terapia Floral no Cuidado a pacientes portadores de Câncer na Clínica de Oncologia”, Registro no Sisnep Fr n.º 211286 Registro CEP/CCS/UFPE n.º 289/08 Ministério da Saúde e devidamente aprovado pelo Comitê de Ética envolvendo seres humanos do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco., concluída em 2009. Palestrante no II Simpósio da Oncologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco Tema Prevenção e Controle do Câncer: uma Abordagem Transdisciplinar, participação da mesa Visão Humanizada do Atendimento apresentando palestra sobre Terapia Floral no Cuidado ao Paciente Oncológico: Aplicação e Resultados.

2012 Palestrante convidada no IX Congresso Norte Nordeste de Terapia Ocupacional Mesa Redonda: Envelhecimento Desafios e soluções para o futuro Palestra: Intervenção da Terapia Floral para minimizar os efeitos da passagem do tempo cuidando dos problemas antes de ocorrerem a somatização de doenças no processo do envelhecimento”; 2013 Palestrante convidada I Simpósio de Terapia Floral do RN E
I Encontro de Terapeutas de Natal com o tema As Essências Florais Medicina para a Alma criando saúde, minimizando agravos.

Terapeuta Floral voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE de maio de 2008 a janeiro de 2013. Hoje coordena o Projeto Colorindo Vidas de atendimento com Terapia Floral a pacientes oncológicos no Instituto Cristina Tavares de Apoio ao Adulto com Câncer de março/2013 até a presente data.

Participou como convidada da 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada no Recife efetuando atendimento e aula com o título: Vivência Reiki com informações sobre a boa prática e benefícios a saúde dos seres vivos.

Em out. 2013 foi convidada a ministrar Curso em Lisboa e Porto Portugal ensinando a terapeutas complementares e profissionais de saúde de como Usar as Essências florais no Câncer e no Alzheimer, curso este já ministrado em Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Livros publicados
• O Uso Prático da Terapia Floral na Obesidade, Editora Laços, S.P, 2011
• Os Benefícios das Essências florais de Bach no Alzheimer, Editora Laços, S.P, 2012
• Aromaterapia na Vida Diária – Receitas para Viver Melhor, Editora Laços, S.P, 2013
• Manual das Essências Florais do Sistema Saint Germain no Alzheimer

CAMPANHA OUT ROSA

Continue lendo este post

A Energia da Cura da Arruda.

por Rosangela Vecchi Bittar

A arruda é uma planta originária da região mediterrânea da Europa e Ásia Menor, da família das rutáceas, tem odor forte, de nome botânico Ruta graveolens. Vulgarmente designada erva-das-bruxas, também é conhecida por ruta ou ruda. Num contexto popular, a ela são atribuídas muitas virtudes mágicas, acreditando-se que seja capaz de afastar o mau-olhado, atrair a sorte e tirar quebranto de recém-nascidos.

planta arrudaflor arruda2

Plínio considerou a arruda um dos mais importantes medicamentos sendo antídoto poderoso contra picadas de insetos como aranhas, vespas, escorpiões, serpentes e recomendava o uso do suco mesclado com vinho em pequenas doses. Durante a Idade Média era cultivada nos claustros dos conventos por ser considerada anti-afrodisíaca. Também na Inglaterra desta época, era considerada como proteção poderosa contra as feiticeiras e, nos tribunais ingleses do século XVII eram colocados ramos de arruda nos bancos dos tribunais para evitar “doenças de cadeira”.

Sua fama de proteger de problemas sobrenaturais remonta a Grécia antiga. As matronas gregas usavam galhos nas mãos para proteger de doenças contagiosas e realização de desejos, protege de magia negra e obsessões espirituais. É comum em alguns lugares vermos pessoas utilizando um galho de arruda atrás da orelha como proteção do olho grande ou mesmo benzedeiras fazer suas rezas usando esta planta.

Na aromaterapia é indicada para pessoas que se sentem física e emocionalmente debilitadas. De uma forma geral, a ação desta planta permite reduzir as inflamações e aliviar qualquer dor e, tal como todos os medicamentos homeopáticos, permitir o bem-estar do organismo. O remédio obtido da Ruta graveolens, seu nome em latim, emprega-se em lesões do revestimento ósseo, que provocam profunda dor, reumatismo, problemas dos tendões, edemas dolorosos e ciática. Também se receita para o esforço visual, assim como para as dores de cabeça, derivadas desse mesmo esforço. A fraqueza no peito e as dificuldades respiratórias melhoram igualmente.

De uma forma mais específica,como planta mdicinal,a arruda é indicada no tratamento das seguintes condições:
Menstruação – a arruda foi receitada desde os tempos do Antigo Egito e Grécia Antiga para provocar abortos, contrai o útero e estimula a menstruação, indicada para amenorréia. Portanto, não é indicada para mulheres grávidas.
Moléstias musculares – o quadro clássico de sintomas deste remédio é o dos problemas do tecido conjuntivo com acentuada rigidez e dor muscular, frequentemente devido a distensões, esforço exagerado ou lesão. A dor é caracteristicamente angustiante, opressiva, envolvendo ânsia e inquietação. Receita-se o remédio para lesões de repetidas entorses.
Tratamento ocular – trata a tensão ocular, quando os músculos enfraquecem, acompanhada de dor ardente. Fortalece os vasos capilares. Antigamente, a planta era muito usada medicinalmente para fortalecer a visão.
Tratamento de ouvido – Também utilizada na medicina popular como remédio para afecções do ouvido.
Moléstias articulares – prescreve-se o remédio para tratar artrite crônica, a rigidez e dor da parte interior da coluna e ciática.
Emoções – age centrando, dando segurança, tranqüiliza, combate ansiedade e pânico.
Pele – Combate os piolhos e é um bom repelente de insetos.
Uso espiritual – excelente para limpeza e proteção contra energias densas que causam desconforto. Tomar banho com a erva amassada com as mãos ( cinco galhos das folhas), utilizar dois litros de água, fazer a infusão, coar e tomar o banho do pescoço para baixo, pensando sempre positivamente.

Como Essência Floral, temos no Sistema Californiano o Rue, que é uma essência fora do kit profissional, de flores amarelas, sua flor possue cinco pétalas. Recompõe a aura, expulsa a negatividade, indicado para personalidade submissa tipo Centaury do Sistema Bach. Fortalece o “eu”, para pessoas detalhistas, eficientes, que se acidentam com facilidade, combate a ansiedade, depressão, fortalece a auto-estima, individualidade, segurança interior; auxilia na clareza da visão das questões para tomada de decisão consciente.

No Sistema Floral de Minas também temos a Essência Floral Ruta é indicada para pessoas tímidas, subservientes, com vontade fraca, influenciáveis, assim, fortalece a individualidade daqueles que a tomam.

Muitas pessoas não gostam da Arruda por causa do cheiro, mas eu particularmente, acho uma das ervas sagradas que beneficiam a humanidade desde os tempos remotos. Harmoniza e protege no âmbito espiritual, sobre a circunstância de uma mordida de inseto tipo marimbondo, abelhas, em dores de ouvido, e como floral. Acho excelente para tomar sua essência floral seja na forma convencional sob gotas sublingual sozinho ou num composto floral indicado ao indivíduo tratado; em sprays ambientais, ou até usando gotinhas do floral no banho. A arruda é excelente.

Não tenha preconceito com esta benção da natureza! Ela existe para nos ajudar! Então a use.

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Pesquisadora com Terapia Floral – Mestre em Reiki
Aromaterapeuta – Cromoterapeuta
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco.
Terapeuta Floral Voluntária do Instituto Cristina Tavares deApoio ao Adulto com Câncer.
Atendimento em Recife
Aceito convite para Cursos e Palestras E-mail rosangela.bittar@globo.com
Contato: (81)8843-0584

Continue lendo este post

CWorkshop: Aprendendo a Usar as Essências Florais de Saint Germain no Contexto da Oncologia (câncer)

saint_germainAprendendo a Usar as Essências Florais de Saint Germain no Contexto da Oncologia (câncer)

Facilitadora: Rosangela V.Bittar
Practioner de SGM, especialista em Terapia Floral pela UFPE, Pesquisadora com pesquisa qualitativa sobre o tema registrada e concluida.
Endereço sede RIOFLOR: Rua Barão de Guaratiba, 29
telefone (21) 2285-8865
 Data: 29.06.2013 de 9:00hs às 18:00hs.
Investimento: R$ 380,00
Informações entre em contato
telefone: (81) 8843-0584 E (21)2285-8865
No Rio de Janeiro local do evento realizado nas dependências da RIOFLOR.
INSCRIÇÕES: Na sede da RIOFLOR endereço e telefone acima.
E ATRAVÉS DO EMAIL rosangela.bittar@globo.com através de depósito bancário
AS INSCRIÇÕES SÓ SERÃO ACEITAS ATÉ DIA 25.06.2013 PARA QUE POSSAMOS PROVIDENCIAR MATERIAL PARA TODOS.

Continue lendo este post

Terapia Floral no Cuidado Paliativo no Câncer

Trabalho apresentado na modalidade poster conforme as regras do evento.

11º Congresso de Psico-Oncologia e IV Encontro Internacional de Cuidados Paliativos em Oncologia realizado de 23 a 25 desetembro de 2010 no Rio de Janeiro.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO – HOSPITAL DAS CLÍNICAS
A TERAPIA FLORAL NO CUIDADO PALIATIVO A PACIENTES ONCOLÓGICOS NO SUS.

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Terapia Floral (TF) é uma prática complementar a saúde desenvolvida pelo médico inglês Edward Bach, no século passado que trata o indivíduo de forma integral (mental, emocional, espiritual e consequentemente no físico) através da escuta acolhedora e da prescrição dos remédios florais indicados para a situação particular que vive.

A TF se agrega a equipe multidisciplinar no cuidado ao paciente oncológico em fase de estadiamento de Cuidado Paliativo que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) consiste na assistência ativa e integral ao paciente, cuja doença não responde ao tratamento curativo, sendo o principal objetivo garantir qualidade de vida ao paciente e respectivo familiar. Sabemos que o câncer é uma doença que exaure as forças vitais, emocionais, mentais e espirituais dos envolvidos. Ao chegar a esta etapa do tratamento estão todos esgotados e agravam-se sintomas não só a dor física como emocional, além das perdas inerentes ao processo, como de autonomia, problemas familiares, sociais, econômicos e espirituais. O corpo físico apresenta a materialização da doença através do tumor, metástase, o emocional e mental apresentam seus sinais e sintomas como depressão, stress, medo da morte e desespero.

O objetivo centra-se na investigação e avaliação da utilização das essências florais no contexto de alívio do sofrimento emocional, sob o ponto de vista da integralidade do ser, na fase paliativa, no quesito qualidade de vida.

MATERIAIS E MÉTODOS

Trata-se de estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativo de casos clínicos atendidos no período de três meses realizado no Ambulatório de Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE, realizado de novembro de 2008 a maio de 2009 com 15 sujeitos de faixa etária de 26 a 76 anos, atendidos voluntariamente e aceitaram participar da pesquisa conforme Termo de Consentimento Livre Esclarecido Resolução 196/1996 do Conselho Nacional de Saúde.
Como instrumento de coleta de dados foi utilizado prontuário dos pacientes, roteiro de questionamento, acolhimento, observação e escuta da história pessoal dos pacientes. Após atendimento receberam vidro contendo prescrição individualizada das essências do Sistema Floral de Saint Germain.

RESULTADOS E CONCLUSÃO

No contexto da oncologia, a TF apresenta como resultado: alívio da ansiedade, desespero, medo, angústia, stress, depressão, transformação de pensamentos suicidas; maior participação da vida cotidiana; tranqüilidade interior; melhoria da qualidade do sono; melhoria do quadro de dor nos pacientes. Os familiares por sua vez, sentiram-se tranqüilizados e amparados para enfrentamento da realidade do quadro.

A TF é uma prática simples, sem contra-indicação, inteiramente natural, que pode ser incorporada pela equipe multidisciplinar com ganhos tanto para o paciente como para a família, pois os resultados positivos promovem bem-estar, conforto, minimizando o sofrimento através do tratamento dos distúrbios emocionais assegurando qualidade de vida.

FICA PROIBIDO A REPRODUÇÃO DESTE TRABALHO SEM A AUTORIZAÇÃO DA AUTORA.
ESTE TRABALHO É ORIGINAL RESULTADO DE PESQUISA CIENTÍFICA REGISTRADA NO MINISTÉRIO DA SAÚDE E AUTORIZADA PELO RESPECTIVO CÔMITE DE ÉTICA POIS TRATA-SE DE PESQUISA QUALITAIVA ENVOLVENDO SERES HUMANOS.

Curriculum Simplificado:

Estuda as essências florais desde 1992, participou de vários cursos (Sistema Bach do Bach Center (Carmem Monari, Florais de Minas em Itaúnas com Ednamara, Sistema Saint Germain com Neide Margonari, Sistema do Pacífico com Sabina Pettitt etc.),Título de Especialista em Terapia com Essências Florais pela UFPE.Trabalhos voluntários no UCIS Guilherme Abath da Prefeitura de Recife – PE (2007/8),na Associação Brasileira de Alzheimer onde coordena Comissão de Práticas Integrativas e Complementares com ênfase a Terapia Floral (2008/2011),Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE setor de Oncologia desde maio/2008 (até hoje cerca de 1950 atendimentos neste contexto doando os remédios florais para o paciente sem recursos financeiros).

Palestras divulgando a Terapia Floral em empresas Tim Nordeste, Contax, Procuradoria Geral da União 5. Região, em evento no Hospital da Aeronaútica do Recife, apresentação de Trabalhos em diversos Congressos etc., oficinas com a Terapia Floral com grupo de cuidadores de pessoas com alzheimer, 1. Forum Nacional da Mulher Idosa e outros eventos Simpósios e Jornadas.

Ministrou aula no Mestrado de Enfermagem com o Tema Práticas Complementares e Espiritualidade com os Temas Terapia Floral e Aromaterapia. Professora convidada da Proextensão da UFPE para curso de Reiki e Terapia Floral.

Entrevistas em rádio, tv (Globo e SBT)e jornais (Correio Brasiliense, Diário de Pernambuco, Folha de Pernambuco e outros jornais) falando sempre sobre o trabalho com as essências florais sempre objetivando divulgação sem fins lucrativos.

Atendimento em consultório particular.

EMAIL:rosangela.bittar@globo.com
contato cel.(81) 8843-0584

Continue lendo este post