Home » Arquivos da Categoria "Terapia Floral" (Page 6)

A Terapia Floral: Benefícios e Possibilidades de Uso.


Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela UFPE

Terapia floral pode promover benefícios nos mais variados momentos e
em diversas circunstâncias, desde o primeiro instante da vida até o
último suspiro.

Não há restrições quanto ao tempo de uso dos florais. Pode ser
utilizado como tratamento auxiliar em distúrbios: mentais, emocionais
e comportamentais.

Existe uma variedade de essências florais destinadas a proporcionar
equilíbrio ao indivíduo em diversas situações tais como indivíduos
acometidos por carência afetiva, ciúmes, mágoas, baixo auto-estima,
ansiedade, sentimento de inferioridade, narcisismo, dificuldades de
relacionamento, autoritarismo, dificuldade de aprendizagem, pessimismo,
ruminação mental, indecisões, pesadelos, medos diversos, descontrole
emocional, impulsividade, letargia, impaciência, traumas diversos,
crianças abandonadas, filhos rejeitados, perda de ente querido etc…
auxiliar e complementar nos processos de adoecimento pou doenças
crônicas principalmente naquelas de fundo emocional. Nos casos de
stress, depressão, sindrome do pânico enfim é um instrumento
terapêutico que pode ser o apoio necessário para várias situações
que permeiam a vida de todos.

As essências florais atuam na causa da desordem ou doença.
Através de tratamento diligente e sério,o terapeuta identifica
raiz do problema.

O paciente é que determina qual é a prioridade a ser atendida,
o terapeuta através da escuta da história do paciente,da
observação que pontos necessitam ser cuidados utilizando todo
seu conhecimento na direção a cura integral.

A Terapia Floral é gentil, respeitosa e sutil.

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Pesquisadora – Mestre em Reiki – Aromaterapeuta – Cromoterapeuta
Terapeuta Floral com trabalhos em Psiconcologia, Alzheimer e Obesidade.

Atendimento on line por skype rosangelaflorais e
E-mail rosangela.bittar@globo.com
Contato: (81)8843-0584 e 8130-5882
Rua Padre Bernardino Pessoa, 633 Boa Viagem – Recife – PE

Continue lendo este post

Cólicas em Bebês.


Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela UFPE

Quando a criança chora sem parar, a barriguinha fica endurecida; é porque está sentindo alguma coisa, algum desconforto que pode ser causado por uma cólica forte cuja origem pode estar na alergia a algum alimento e assim, não fazendo a digestão corretamente o organismo provoca gases. Também o choro constante alimenta a entrada de ar e contribui com o processo.

Este episódio também pode ocorrer, devido à avidez em sugar e a imaturidade do sistema digestivo, provocando espasmos e as dores que o bebê sinaliza através do choro.

Ainda, o processo de transição o nascimento dos dentinhos que estão por brotar na gengiva provocam grande desconforto: cólicas, dores, coceira na gengiva, diarréia são fonte de mal estar.

A alimentação da mãe o afeta aqueles bebês que ainda mamam e provocar reações alérgicas, gases, dores abdominais, mal estar na criança que recém chegou a este planeta.

Os problemas emocionais da mãe e pai também afetam ao bebê. A vida cotidiana imprime grande stress (ou estresse) para os pais.

Nos primeiros meses de vida o cordão umbilical cortado no nascimento mantem uma ligação insivível a nossos olhos através do aconchego materno pelo menos até os primeiros quatro anos e perduram a nível etéreo a vida toda.

O bebê se sente acolhido e protegido neste mundo, pelo colo e amor materno. Esta etapa da vida é muito importante. O pai, também, tem função fundamental, precisa auxiliar na tarefa de introdução deste serzinho neste novo ambiente. O bebê se abrigou no ventre materno durante os nove meses de gestação, agora está no mundo externo suscetível as suas influências e energias de toda ordem.

O que afeta ao bebê?
Alimentação mãe durante amamentação.
Alterações na rotina na vida diária afetam o funcionamento do intestino.
Nascimento dos dentinhos.
Bebês são altamente sensíveis às energias ambientais.
Ansiedade da mãe passa para o bebê.
Stress do pai e mãe também.
Energias intrusas a nível espiritual.

O que fazer no caso de cólicas (espasmos) abdominais?
Flexionar as perninhas suavemente.
Esquentar com o ferro uma fraldinha e colocar sobre a barriguinha (testar a temperatura antes de usá-la no bebê).
Massagear a barriguinha com movimentos suaves, que pode ser feito com um óleo de amêndoa doces com lavanda officinalis ou funcho ou mesmo só o calor das mãos (antes higienize as mãos).
O uso de chás como funcho, camomila.
O uso de um bouquet floral: Rescue Remedy (remédio para urgências), Walnut, Crab Apple.
OBS.: Recomendo que tenha em casa a solução de estoque do Rescue Remedy (em outro artigo explicarei suas inúmeras utilidades terapêuticas).

Para proteção a nível energético ambiental, o que fazer?
Usar um spray ambiental que pode ser à base de lavanda officinalis ou alecrim e adicionar essências florais como o Rescue Remedy, Walnut e Crab Apple.
(existem outras possibilidades quanto aos florais dependendo do caso, viu!).

Contato: rosangela.bittar@globo.com

Continue lendo este post

A Atuação do Florais nos Problemas de Memória


A Atuação do Florais nos Problemas de Memória – Caso do Aprendizado.

por Rosangela Vecchi Bittar
Título de Especialista em Terapia Floral pela Universidade Federal de Pernambuco – Pesquisadora – Mestre em Reiki – Magnified Healing – Aromaterapeuta – Cromoterapeuta – Apometria Quântica – Bioeletrografia.
CRT 42435

Em artigo anterior falei dos tipos de memória, aqui especificarei alguns casos práticos com a utilização das essências florais.

Detectado o problema de memória que pode ser declarativa com a incapacidade de verbalizar um fato de forma imediata ou a capacidade de lembrar eventos recentes ou a memória com duração maior dias, meses e anos, são aquelas referentes, por exemplo, a nome, idade de alguém quando se reencontra essa pessoa algum dia depois, engloba memória de anos atrás ou a Memória de procedimentos trata-se da capacidade de reter e processar informações como tocar um instrumento ou andar de bicicleta, ou mesmo a andar como ocorre em acidentes que afetam regiões do cérebro.

A memória pode ser afetada pelo stress, depressão, problema renal,
problema de tiróide, e doenças degenerativas como Alzheimer, metástase no Cérebro nos casos de Câncer, por acidentes que envolvam traumatismo craniano, crianças abusadas que por defesa bloqueiam suas lembranças, etc.

Bem no caso de criança que estejam com problemas com problema de apreender o aprendizado por distração, falta de foco, pensamentos múltiplos que não a deixam focarem no que é ministrado em sala de aula ou mesmo que seu pensamento viaje no imaginário deixando de ficar presente integralmente na sala de aula temos algumas essências florais que podem auxiliar nestes casos, os quais também são extremamente benéficos para aqueles alunos que estão estudando se preparando para fazer provas para ingressar em uma Universidade.

Temos as seguintes essências florais direcionadas exclusivamente para o aprendizado:

Sistema Bach tem o Clematis que traz a pessoa para o momento presente, o Chestnut Bud para aprendizado com cada experiência vivida, atenção focalizada, vai auxiliar na fixação dos conteúdos.

No Sistema da Califórnia temos o Rosemary que faz o papel semelhante ao Clematis, Madia que auxilia na concentração, dinamiza, as pessoas lentas e confusas mentalmente, Indian Pink contribui com clareza, concentração, calma mental, reorganiza e harmoniza ante o excesso de atividades.

Estes são alguns exemplos dentro do vasto número de essências florais e sistema florais que dispomos.

No caso da memória devemos avaliar o aspecto energético da questão.
Uma pessoa com problema de memória por correspondência deverá estar com os chacras obstruídos, principalmente o chacra frontal e coronário bem como o chacra básico. O indivíduo possívelmente está se distanciando da realidade física e, portanto, espiritualmente desancorado. Bem este aspecto, será exposto em próximo artigo.

Por agora vamos ficar com o problema de memória na questão de aprendizado que requer que a pessoa que está aprendendo esteja presente, focado, tranqüilo e preparado para que o conhecimento a que tem acesso seja incorporado através do entendimento e memorização, que as informações obtidas sejam gravadas na memória, sejam arquivadas para serem acessadas quando solicitadas.

A memorização também se faz necessário com relação a experiências de vida que servem a seu possuidor de base para tomar novas decisões.

Existem pessoas que passam por situações e não aprendem com
as mesmas chegando ao ponto de viver repetidamente certos acontecimentos,
por não ter armazenado as experiências de vida que dão suporte para a tomada
de decisão, suas escolhas afinal a experiência absorvida sinaliza do que pode ser bom ou mau para cada um.

Também neste caso, as essências florais acima relatadas também são úteis
além de outras que deverão ser incorporadas de acordo com cada caso, cada
história pessoal, características de personalidade, etc.

Afinal cada um precisa de uma fórmula pessoal adequada a seu caso.

Rosangela Vecchi Bittar
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco
Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE Cursos e Palestras
Consultas presenciais em Boa Viagem – Pe
Contato: (81)8843-0584 e 8130-5882
Consultas pela Internet:
E-mail rosangela.bittar@globo.com
Skype: rosangelaflorais

Continue lendo este post

As Virtudes da Erva Doce


Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela UFPE

A Erva Doce cujo nome botânico mais conhecido é Foeniculum vulgare, Anetho ou Anethum foeniculum ou graveolens, Foeniculum officinalis, suas flores são amarelo douradas possuem um perfume doce bem peculiar parecido com o anis. Tem como nome popular; funcho, erva doce, anis doce, aneto, dill, endro. É originária das praias do Mediterrâneo. É comumente encontrada na Europa principalmente em solo calcário. Chamado de Fennel em inglês.

Já era mencionada como planta em tratado médico egípcio há mais de 5000 anos. Também é o nome pelo qual é conhecida a Montanha mais alta dos Pirineus com 3404 metros localizados na Espanha. Os gladiadores romanos esfregavam no corpo para extrair seu óleo essencial de suas sementes para fortalecerem-se para os combates. Também era esfregado nos seios antes das mamadas para acalmar os bebês.

Plínio lhe atribuiu 22 propriedades medicinais. Nos tempos medievais era usada para afastar bruxaria, mas isto era comum já que existia grande preocupação com este aspecto peculiar.

É usada na culinária é condimento usado em pães, doces, combate a obesidade e tem fama de transmitir força, coragem e longevidade e fortalecer a visão.

A erva doce é boa para liberar os gases intestinais, é usado como chá para bebês com cólicas (as barriguinhas ficam inchadas com gases que provocam dores abdominais, geralmente choram incessantemente).

Também conforta o estomago, desobstrui rim e bexiga, é diurético. Alivia dores provocadas por pedras renais. É uma erva quente e seca.
O uso da semente e raiz desobstrui o fígado, baço e vesícula biliar.

O óleo essencial da sua semente atua principalmente nos desarranjos intestinais, estomacais e órgãos localizados na região abdominal também no caso de náusea e vômito.

Tem ação estrogênica possivelmente por ter em sua composição anetol. É indicado para as cólicas menstruais e menopausa Aumenta a quantidade de excreção de leite materno. Segundo, Tisserand pode ajudar a aumentar o busto das mulheres.

Como essência floral no Sistema Minas o Foeniculum (nome botânico: Foeniculum vulgare Miller) similar ao Hornbeam do Sistema Bach. Iindicado para aqueles que duvidam da própria capacidade para períodos de readaptação após períodos de muita exigência. É um tônico geral, mental físico. Facilita a digestão emocional, problemas circulatórios, traz clareza e consciência para processos corporais.

No Sistema da Califórnia é o Dill (nome botânico da espécie utilizada: Anethum graveolens) esta essência floral descongestiona permitindo que o indivíduo se reorganize em situações conflituosas ou em algum situação que exija mais energia. Tranqüiliza, diminui a auto-crítica, indicada para o stress, quando falta clareza mental, insônia, em casos de necessidade de assimilação de experiências demais e pessoas muito sensíveis aos ambientes.

contato: rosangela.bittar@globo.com
tel.: (81) 8843-0584 e 8130-5882
Consultas presenciais em Boa Viagem Recife
Consultas internet pelo Skype rosangelaflorais ou email

Continue lendo este post

O Todo: As Emoções e a Alma.


Flor da Arruda – Rue FES e Ruta Minas (trabalha a confança, a visão clara dos acontecimentos, limpa de energias negativas).

por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia com Essências Florais pela UFPE

Quando ouvimos falar a palavra “HOLÍSTICO” muitos associam a conceitos erráticos. Mas o que significa esta palavra? Ela deriva do vocábulo grego “HOLOS”,
que traz em si a idéia do todo. O conceito holístico indica
a visão do todo, por inteiro. Que é a visão adotada pelas práticas complementares
e especialmente a Terapia Floral. É uma visão sistêmica, em que tudo se
relaciona a influencia, de tal forma que por menor que seja
a atuação ou o fenômeno, esse irá atingir ou se refletir no todo.

A visão mecanicista acredita que as reações físicas tem em sua base apenas uma causa física. Isso torna mais fácil explicar o universo a avaliar as situações dessa forma visando só o aspecto físico. Assim, muitos procuram profissionais na área de saúde, como a um mecânico de automóveis, querendo reparos mecânicos, físicos a imediatos.

Só que para se curar alguém não adianta apenas retificar suas partes materiais, porque o ser humano vai além do corpo material.

O corpo centraliza os pensamentos, emoções e uma alma que faz de você uma pessoa única, podemos ter semelhanças mas cada um tem uma alma singular e toda estrutura emocional decorrente de vários aspectos como crenças familiares, ambiente social, cada um tem uma história e interpreta os acontecimentos de acordo com ponto de vista pessoal.

Albert Einstein nos trouxe com suas teorias, mudanças em nossa forma de
pensar. A Visão holística antiga no oriente e, jovem no Ocidente. A física
atômica a presenta a matéria como composta de átomos, a esses de partículas
atômicas como prótons, neutrons a elétrons. a partir daí foram descobertas partículas subatômicas ainda menores: o “quanta” com formas de ondas ou
energias. A Teoria da Relatividade e a equação E = M x C2 (E = Energia,
M = massa dos corpos físicos e C = a velocidade da luz) nos apresenta Massa
a Energia como uma única realidade. Então nós não podemos ser comparados a
um sistema mecânico montável a desmontável ou em partes.

Somos parte de um sistema energético, composto de diversas partes palpáveis a
não palpáveis que estão e se mantém unidas entre si com o todo do universo.

O Conceito de espiritualidade por exemplo, nada tem haver com religião.
Existe uma profunda confusão pois, Religião está associada a crença
estabelecida pelo homem de acordo com sua inerpretação e dogmas. Cada
um escolhe a sua e isto não se discute. Espiritualidade tem relação
ao espírito, parte imaterial do ser humano, impalpável. Deus é um
espírito e acredita-se em sua existência apesar de nunca tê-lo visto
corporeamente, e mesmo o ateu na hora da necessidade não acreditando
em sua existência clama por Ele na necessidade, é instintivo.

Dentro deste raciocínio do todo, entendo que o espiritual está associado
diretamente ao emocional, ao mental que reflete-se no físico.

Quando nos sentimos ameaçados além dos hormônios excretados nesta condição,
no emocional o medo traz insegurança que repercute nas atitudes, na qualidade
do sono,a pessoa muitas vezes fica paralizada e muito mais. Da mesma forma a
raiva,a culpa sentida abala de forma incontestável as nossas almas. Abre-se uma brecha no nosso corpo espiritual.

Verifico nas relações familiares e sociais algumas situações que notadamente
promovem o desequilíbrio através do convívio com pessoas que conscientemente
ou não, manipulam a outros provocando a partir de palavras, comentários incovenientes ou falsas verdades, flechas emocionais que alimentam o ciclo da negatividade.

Por isso amigos, precisamos nos esforçar para permanecermos fortalecidos
para não sermos reféns destes sentimentos nocivos que se alastram no mundo
atual.

Se faz necessário manter a confiança em si mesmo, nas forças generosas do
amor, não permitindo que se plante culpa, raiva, tristeza, mágoa, vitimização
que são agentes de contaminação emocional que prejudicam a viver a vida
na plenitude.

Para nos fortalecer podemos lançar mão da terapia com essências florais.
Existem uma infinidade de essências que podem auxiliar de forma simples.
Não só as do Sistema Bach relacionadas abaixo, mas do Sistema S.Germain,
Sistema Minas, Sistema da Califórnia e outros disponíveis no Brasil e no
Mundo.

Por exemplo: para a culpa que muitas vezes sentimos por
achar que podemos fazer mais em alguma situação ou mesmo quando alguém
manipula colocando sobre os ombros do outro culpas injustificáveis com o
objetivo de controlar pode-se usar o Pine do Sistema Bach,e acrescentar
outras essências para fortalecimento do Eu, como Cerato de Bach para
confiança em si mesmo, ou Centaury de Bach para não ser esponja permitindo
tudo, sem forças de dizer não. Ou mesmo Walnut para promover a proteção e
viabilizar mudança de comportamento. O Larch para você não duvidar da própria capacidade. O Willow para abrir nosso entendimento não aceitando o papel de
vítima e tomando as rédeas da própria vida. Também, Mimulus ou Rock
rose ou outra essência adequada ao seu tipo de medo que a bloqueia de tomar
a atitude adequada a seu interesse pessoal.

Enfim, as possibilidades são múltiplas, o que peço é uma reflexão. Não se
pode permitir que outros protagonizem nossas vidas através da manipulação
emocional e espiritual. Muitas vezes nos penalizamos e não damos a real
importância a determinados fatos que acontecem cotidianamente.

Precisamos prestar mais atenção a isto, porque acabamos
reféns de pessoas e dos próprios sentimentos que negativos
nos prejudicam e inibem o caminhar em direção ao nossa evolução
pessoal.

Abraços fraternais a todos, muita luz e paz!

Continue lendo este post

As Virtudes da Artemísia


As Virtudes da Artemísia
Por Rosangela Vecchi Bittar CRT 42435

A Artemísia uma planta perene originária do oriente, mas aclimatada no Brasil. O nome botânico é Artemísia vulgaris, Chrysantemum parthenium, Artemísia Douglasiana, Absinto, Armoise em francês e Mugwort em inglês, são cerca de 400 espécies. Pertence a família das compostas ou asteraceae, suas folhas são miniatura do crisântemo e lembra a camomila. Para os anglo-saxões era uma das 9 ervas sagradas dadas ao Mundo por Woden ou Odin.

Os romanos plantavam-na na beira dos caminhos e colocavam galinhos nas sandálias para aliviar a dor nos pés nas longas viagens. O médico grego Dioscórides a usava para os males femininos e Culpeper para todos os males do pulmão. Em grego, Artemísia significa integridade e boa saúde.

Ela é a erva da mulher, para recompor o Eu feminino, para ajudar a mulher a se integrar com a maternidade e sensibilidade. É ótima para mulheres que precisam ser sempre fortes. Essas mulheres têm normalmente problemas menstruais. É conhecida desde a Antigüidade por ajudar nos partos. O nome Artemísia tem origem na deusa Ártemis, que era a protetora dos partos.

É a principal erva do aparelho urogenital feminino. Previne doenças, regulariza o ciclo menstrual, alivia as cólicas. Também é empregada para anemia, cólicas, debilidade do estômago, gastrite, menstruação deficiente, nervosismo, nevralgia. É uma excelente diurética, e por isso ajuda muito no funcionamento e na limpeza constante dos rins. O chá também se aplica as dores reumáticas e dores de cabeça.

Repelente de insetos principalmente traças. A Artemísia produz piretrina o que afasta pulgões e nematóides dos canteiros.

A Artemísia deve ser usada por pessoas que constantemente precisam de uma limpeza energética profunda, e quando há necessidade de limpeza profunda de toxinas físicas e energéticas. Na época renascentista foi encontrado escrito por um autor desconhecido onde diz “Os Segredos da Artemísia: Infunde alento, ânimo e força, a quem a trouxer consigo junto do coração. Essa erva, bebida num copo de vinho branco, tira logo o cansaço do caminho. E tem outra rara virtude, que o caminhante que a trouxer, sentirá muito menos o caminhar.”

O emplasto de Artemísia quando feito localmente no plexo solar: limpa, energiza e concede coragem. O escalda pés de Artemísia evita doenças renais. Ramos de Artemísia presos as portas da casa evitam a entrada de inveja e qualquer energia negativa. As vassouras feitas com Artemísia protegem o ambiente e atraem espíritos benfazejos. Os banhos de imersão com chá forte de Artemísia, facilitam o parto e ajuda a aquele muito nervoso e histérico.
Como óleo essencial é usado pelo poder estimulante e energizante. Na moxabustão se usa bastões feitos com Artemísia, chamado de moxa é aquecido e colocado nos pontos acupunturais para estimulação dos mesmos.

No Sistema Floral da Califórnia temos a essência foral Mugwort cujo nome botânico é Artemísia Douglasiana flor de cor amarela suas flores crescem em pequenos cachos agregados como neurônios no cérebro. É uma essência eficaz nos casos de tiques nervosos, espasmos e contrações nervosas, pessoas hiperativas e que se sintam em situação limite ou que fantasiem excessivamente. Auxilia a entrar em estado Alfa facilitando a compreensão dos sonhos, aumenta o coeficiente intelectual harmoniza o psiquismo, casos de mediunidade. Regulariza a sinapse cerebral, expande a consciência. Bom para epiléticos e pessoas sonâmbulas. Equilibra aqueles que procuram fugir da realidade através de práticas pseudo-espirituais. Também atua nos transtornos menstruais e mudanças de humor inerente a tais casos. Estimula o parto, portanto, devemos ter cuidado e não dá-la a mulheres grávidas a não ser: na hora do parto. Estimula a fertilidade masculina. Usada adicionada a água da rega de plantas elas crescerão de forma ordenada e com regularidade.

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Pesquisadora com Terapia Floral – Mestre em Reiki
Aromaterapeuta – Cromoterapeuta
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco
Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE
Cursos e Palestras – Atendimento presencial e via e-mail ou skype rosangelaflorais.
E-mail rosangela.bittar@globo.com Contato: (81)8843-0584 e 8130-5882

Continue lendo este post

O Valor do Perdão para nosso desenvolvimento pessoal

Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela Universidade Federal de Pernambuco

O perdão é uma dádiva que nos libera das correntes do ódio, da raiva, da violência concebida pela nossa interpretação equivocada de nossas relações consigo próprio e o outro. Quantas vezes permitimos que os nossos semelhantes nos atinjam através de palavras, atos e pensamentos que no levam ao ápice da irracionalidade, despejando em nossos corpos físico, emocional, mental e espiritual a energia escura do ódio, da insensatez, o ódio ou raiva cegam as pessoas e nos fazem escravos dele. Nos tornam servos de egrégoras, de formas de pensamento que só acarretam dor. É preciso esvaziar este sentimento e transmutá-lo através de mecanismos que liberem essa dor que agride nossa alma, as almas daqueles que convivem conosco e da pessoa ou situação foco deste tipo de sentimento.

Para perdoar precisamos permitir que a luz do amor incondicional cresça dentro de nós. Conceder o perdão é muito difícil, porque sua marca sempre atinge o âmago de todos, mas necessário principalmente para que nós cresçamos como pessoas livres de qualquer amarra que possa sabotar nossa felicidade e paz.
Precisamos dedicar nossos esforços para conseguir extrair do peito esta dor, que muitas vezes adveio pelo fato de nos sentirmos traídos de alguma forma, hostilizados, não sermos compreendidos, amados e sermos de alguma forma rejeitados.
Precisamos resgatar o amor a si próprio para chegarmos a benção do perdão, sentindo-nos seguros do que e quem realmente somos, assim, retirando o fardo que pesa sobre nós mesmos.

O Natal, vem chegando e é tempo de refletir através do Amor Crístico sobre quais valores realmente importam para cada um, se vale se penalizar por coisas do passado e penalizar ao outro, entregar ao Universo, ao Pai nossas dores, aflições e aquilo que nos impede de perdoar, trabalhando nossa libertação.

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor,
Onde houver ofensa , que eu leve o perdão,
Onde houver discórdia, que eu leve a união,
Onde houver dúvida, que eu leve a fé,
Onde houver erro, que eu leve a verdade,
Onde houver desespero, que eu leve a esperança,
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, fazei que eu procure mais
consolar que ser consolado;
compreender que ser compreendido,
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe
é perdoando que se é perdoado
e é morrendo que se nasce para a vida eterna…
(Oração de S.Francisco de Assis)

Na terapia Floral temos a importante e fundamental essência floral Holly (Sistema Bach) que representa energeticamente o perdão que precisa ser sustentado pelo discernimento, sabedoria e amorosidade.

Esta essência encarna o princípio do amor divino, tem seu nome botânico: ILEX AQUIFOLIUM cuja árvore ou arbusto de folhas acetinadas sempre verdes e bagas vermelhas brilhantes, com flores masculinas e femininas brancas.É a Planta do Natal na Inglaterra é usada dentro de casa para simbolizar o nascimento do Cristo. Não perde suas folhas no inverno, por isso considerado evergreen.

A essência Holly transmuta e protege do coração endurecido; sentimentos de inveja e ódio; ciúme, desconfiança, espírito de vingança. medo de estar sendo enganado. Para aqueles que se encontram reféns da raiva, cólera, explosões violentas de mau-humor. Desperta a amorosidade, o perdão, a conciliação. O Holly vai trazer a aceitação de tudo o que passamos na vida, abrindo o coração para o amor, tornando a pessoa generosa, carinhosa, amável, com grande sentimento de compaixão, capaz de dar sem exigir nada em troca vivendo com harmonia irradiando amor em estado de “graça” com profunda compreensão da alma humana sentindo prazer pelas realizações daqueles que o cercam, reconhecendo que cada pessoa tem seu devido lugar.

Que tal aproveitar esta época e fazer a oração abaixo, mandar manipular um vidro com o holly e procurar seguir em frente buscando se desenvolver e se tornar uma pessoa melhor para consigo mesmo e para o próximo, começando um ano mais leve? Vale a pena tentar!

ORAÇAO DO PERDÃO

A partir deste momento……… e para sempre,
Perdôo todos os meus antepassados,
Perdôo todos os meus familiares,
Perdôo todas as pessoas que de alguma forma me ofenderam,
Perdôo especialmente quem me provocou até que eu perdesse a paciência,
Perdôo todas as pessoas que rejeitaram meu amor e o meu carinho.

Fazer uma pausa e respirar profundamente ……..
Agora……… sinceramente……… PEÇO……..
Perdão a todas as pessoas que, consciente ou inconscientemente ofendi ou prejudiquei.
Perdão a mim mesma pelas queixas, ressentimentos e pela de falta de fé
Fazer nova pausa e respirar profundamente……….
Sinto-me em paz com minha consciência, dirijo-me ao meu Eu Superior pedindo perpetuação e proteção para este momento de imenso amor, por mim mesma, para todas as pessoas e para qualquer forma da criação Divina.
Que assim seja………. e assim será…………… Amém (3 vezes)
(autor desconhecido)

Feliz Natal e um Ano de 2011, espetacular sobre todos os aspectos!
Descomplicando nossas vidas, tornando nosso viver mais leve e procurando o caminho da felicidade com harmonia e paz interior!
Abraços fraternais a todos!

Continue lendo este post

As Virtudes do Gerânio

 

Por Prof. Rosangela Vecchi Bittar
Especialsita em Terapia Floral pela Universidade Federal de Pernambuco

O Gerânio é uma planta da família da geraniaceae, conhecida como pelargonium existem 270 espécies disseminadas pela Europa, Ásia, América do Norte e África adorantíssimum, pelargonium hortorum, pelargonium graveolens etc. É um gênero originário da região sul da África, e está bem adaptada ao clima das regiões sul e sudeste do Brasil rústica, herbáceas de pequeno porte e perenes.

O nome do gênero deriva da semelhança do seu fruto com o bico de uma cegonha, pelargos em grego. Atualmente, é encontrado de forma maciça em parques e jardins, públicos e privados. No entanto, ainda há variedades pouco exploradas, atrativas e vistosas, com diversos tamanhos, formas e cores, muitas delas florescendo durante vários meses do ano e algumas apresentando folhas de aroma agradável. Sua flor alegre e simpática, com sua paleta de cores, colore janelas e jardins desde o século XVIII. Apresenta ainda outras utilidades além da paisagística: transforma-se em óleo essencial e em perfumes, sendo que as folhas de algumas variedades comestíveis são usadas como guarnição para determinados pratos.

O óleo essencial originário do Egito apresenta como constituintes: geraniol, borneol, citronelol, linalol, termineol, limoneno, felandreno, pineno. É e anti-séptico, neutraliza a oleosidade da pele, alivia a tensão pré-menstrual e menopausa (é estimulante do córtex adrenal, cujos hormônios são essencialmente de natureza balanceadora e reguladora, incluem-se os hormônios sexuais). É diurético, trata herpes e indicado para peles envelhecidas e desidratadas. Seu odor doce, floral é relaxante. Um excelente óleo adstringente para todos os tipos de pele (equilibra sua oleosidade), tônico suave. Usado em produtos para cuidado da pele tanto pela sua fragrância como pelas suas propriedades de limpeza, trata a celulite e ótimo para uso em óleo de massagem por todas as qualidades já mencionadas.

No emocional é antidepressivo estimula força e coragem, auxilia na tomada de atitudes, excelente nos casos de carência afetiva, medo, tensão, ansiedade, falta de ânimo e entusiasmo. Dissolve a frustração e irritabilidade. Promove o equilíbrio mental. É analgésico e sedativo suave e seu uso é indicado para nevralgias e sofrimentos de origem nervosa. É um óleo que administrada traz grande conforto e bem-estar.

Segundo Nicolas Culpeper é um óleo de regência de Vênus, recomendada contra cálculos e para estancar sangue, trata ferimentos. Sua cocção é útil nos cálculos renais.

Como essência floral tem: no Sistema Saint Germain o Gerânio (Pelargonium hortorum) cuja essência floral trabalha a depressão, ansiedade e medos diante das dificuldades frente aos desafios normais da vida. Gerânio ajuda a ancorar no aqui e agora. Indicado também para aqueles que vivem distraídos da realidade e por isso, acabam esbarrando em objetos, pessoas, esquecem panelas no fogo. Esta essência favorece o resgate do feminino e nas relações entre casais (sexualidade) além de dar a força necessária para seguir em frente de forma positiva e tranqüila, diante da complexidade do tratamento do câncer.

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco

Professora autorizada do Sistema saint Germain desde 2012

Pesquisadora com Terapia Floral com pesquisa registrada no Ministério da Saúde concluída – Trabalhos publicados em Congressos –  Mestre em Reiki -Aromaterapeuta – Cromoterapeuta -Bioletrografista
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco

Consultora do Telesaúde – RedeNutes – UFPE – Projeto ABRAZ
Cursos e Palestras em todo Brasil

Atendimento em Recife – PE

Atendimento pago pelo skype: rosangelaflorais ou email
E-mail rosangelaflorais@gmail.com

 

Continue lendo este post

Participação III Simpósio ABRAz-Pe


III SIMPÓSIO DA ABRAz-PE – CUIDADOS
PALIATIVOS NO PACIENTE COM ALZHEIMER
Salão de Convenções, Edifício Edgar Muniz, 8º andar – Real Hospital Português

Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia com Essências Florais pela UFPE
Discussão Multidisciplinar de Casos Clínicos dia 27.11.2010 – Profissionais e estudantes da área de saúde.

Terceiro Caso: Distúrbios de Comportamento

Coordenadora da Mesa Dra. Danielle Marinho – Médica Geriatra do Instituto de Geriatria de Pernambuco – Diretora Científica da ABRAz

Discutidores:
Caso 3: Dra. Alessandra Siqueira Campos – Médica Geriatra
Dra. Ana Luiza Rodrigues Costa – Terapeuta ocupacional
Dra. Rossandra Sampaio – Psicóloga
Dra. Rosângela Bittar – Especialista em Terapia Floral,Coordenadora da Comissão
de Práticas Integrativas e Complementares a Saúde, Terapeuta Floral Oncologia HC

Descrição do Caso:

MCCN, sexo feminino, 76 anos, ensino médio completo, viúva, natural do Recife.
Em acompanhamento geriátrico há cerca de 4 anos tendo sido encaminhada pelo cardiologista por apresentar queixas de déficit cognitivo com diagnóstico provável de demência de Alzheimer. História prévia de depressão maior há cerca de 5 anos com tratamento através de medicação antidepressiva com bom controle dos sintomas e manutenção da medicação desde então.
Faz uso atualmente de rivastigmina 6mg 12:12h, citalopram 20mg∕d, além de atorvastatina 10mg∕d e maleato de enalapril 10mg 12 em 12h por ser portadora de hipertensão e hipercolesterolemia de longa data.
Durante consulta de rotina, filha (cuidadora) encontra-se bastante angustiada devido às alterações percebidas no comportamento da mãe, tais como: alterações de hábitos de higiene, agressividade, agitação que piora principalmente no final da tarde, além da perambulação noturna; percebe que sua agressividade é mais direcionada a ela e refere que sua mãe por várias vezes vem acusando à mesma de estar roubando o seu dinheiro e mexendo nas suas coisas. Chega a chorar na consulta quando relata as desconfianças da mãe. Paciente mora só com a filha, é viúva há cerca de 10 anos, tem 4 filhos, contudo apresenta certo distanciamento afetivo com os demais filhos e relação conturbada com filha cuidadora.
Apresenta atualmente MEEM de 14 e CDR de 2.

Apresentação da Comissão de Práticas Integrativas e Complementares focando na Terapia com Essências Florais.Aplicação da Terapia com Essências Florais a ambos os casos e por quê?

A Terapia Floral (TF) tem o aval da Organização Mundial de Saúde – OMS que a reconheceu em 1976, como terapia complementar. No Brasil, em 03/05/2006 foi aprovada a Portaria 971 que aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS, a qual recomenda a adoção e implementação dela nos estados e Municípios conforme recomenda a Organização Mundial de Saúde – OMS como forma de estimular mecanismos naturais de prevenção de agravo e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade, aqui a Terapia com Essências Florais se enquadra perfeitamente, pela sua forma de atuação, sua escuta acolhedora e todas as características que lhe são próprias. Principal objetivo com o seu uso é a qualidade de vida e humanização da saúde. ( 2006)

É um tratamento não medicamentoso, sem contra-indicação ou efeito colateral.Geralmente a medicação alopática tem uma série de contra-indicações e efeitos colaterais. As práticas não medicamentosas como a Terapia Floral, a aromaterapia e o reiki podem ajudar muito ao paciente e ao cuidador, seja ele familiar ou profissional.Os benefícios são qualidade de vida e alívio do sofrimento que constrange a todos, assegurando pessoas mais tranquilas e um ambiente mais agradável e saudável a todos.

Aqui apenas estamos desenvolvendo o tema de acordo com nossa experiência clínica no atendimento a tais pacientes. Segue abaixo nossa apresentação como discutidora do caso segundo nossa visão utilizando para fins didáticos os Florais do Sistema Bach composto de 38 essências florais.

No entanto, recomendamos outros também outros sistemas florais (de acordo com o conhecimento do terapeuta) e nestes casos, em especial, recomendo o Sistema Saint Germain o qual tem grande valia nas questões inerentes a estes casos.

1- A intervenção da Terapia com Essências Florais com relação à pessoa com Alzheimer do caso clínico apresentado com relação ao distúrbio de comportamento relatado.

1.1 Padrão disfuncional:Depressão que antecedeu ao adoecimento e permanece (a causa deverá ser verificada que tipo de evento serviu de gatilho para esta depressão?

-Essência floral: Star of Bethlehem

É um floral que encerra e neutraliza os acontecimentos negativos que provocaram choque. Para aqueles viveram experiências traumáticas sejam: física, mental ou psíquica, não importando se tenha ocorrido recentemente ou não.
Promove tranqüilidade, calma,apazigua.

1. 2 – Padrão disfuncional:Comportamento agressivo, agitação e perambulação, sinais de irritação com a cuidadora com falas de desconfiança.

Essência Floral Indicada: Impatiens

A essência impatiens é combate a agitação, impaciência, tensão interior, sem paciência com as pessoas em sua volta, ansiosos, comportamentos compulsivos e extremados, a perambulação, a tensão verbalizada. Este floral promove paciência e a calma para que a pessoa readquira o seu equilíbrio.

2 – Cuidadora – filha
Comentário: Emocionalmente angustiada, insegura, deprimida, estressada, demonstrando extremo apego e possessividade com relação à mãe, sente solidão pois os familiares se afastaram do convívio de ambas. Extremamente fragilizada chora com freqüência, apresenta sinais de sobrecarga emocional.

2.1 – Padrão disfuncional
Apego e possessividade-> A filha demonstra muito apego a mãe em suas atitudes o que demonstra extrema carência afetiva, não aceita que outra pessoa cuide da mãe.

Essência Floral: Chicory
Desenvolve a qualidade de aceitação, liberação, promove reflexão sobre o ato de compartilhar. indicado para a pessoa apegada, vive “grudada” no colo, pedindo sempre carinho. Por trás disso existe uma profunda falta de realização, vazio interior, sentimento de nunca ter sido ou amado adequadamente.

2.2 – Padrão disfuncional:
Padrão disfuncional:
Preocupação excessiva com a mãe, medo da possível perda que geralmente acompanha o cuidador .

Essência floral: Red chestnut
Indicada para o medo e preocupação excessiva pelo estado dos entes queridos que gera ansiedade e pensamentos negativos. Antecipação nervosa de problemas, medo do que possa acontecer com os outro.

2.3 – Padrão disfuncional:
Sobrecarga de atividades, sensação de não dar conta que gera ansiedade, insegurança, frustração.

Essência Floral: Elm
Indicada para as pessoas detentoras de grande capacidade, as conduzindo muitas vezes a uma posição de ficar sobrecarregada de responsabilidades. A pessoa passa por fases de depressão, exaustão forte cuja confiança em si mesmo, acaba falhando temporariamente. Indicada para aquele que se sente momentaneamente sobrecarregado pelas responsabilidades e que não tem forças para realizar as tarefas necessárias duvidando de sua capacidade

CONCLUSÃO:
A utilização das práticas complementares e integrativas visa através da Terapia com Essências Florais, o cuidado a saúde objetiva minimizar o sofrimento, facilitar a convivência e aceitação da doença, na perspectiva de minimizar a sobrecarga emocional, promover a qualidade de vida da pessoa com DA e do núcleo familiar gerando benefícios A AMBOS.

“Os Florais atuam nos processos dissolvendo os padrões negativos que trazemos dentro de nós e que consistem em hábitos mentais, atitudes e comportamentos que nos refreiam e limitam e provocam sofrimento no aspecto emocional, social e comportamental.”

Comissão de Práticas Integrativas e Complementares
Nossa missão é somar esforços a equipe multidisciplinar na busca do conforto, bem estar, equilíbrio a fim de que o compromisso do viver o dia a dia com todas as questões inerentes ao Alzheimer, se torne uma tarefa mais leve ao cuidador. OBRIGADO!
http://www.icones.com.br/abrazpe

Continue lendo este post