Home » Arquivos da Categoria "Terapia Floral" (Page 5)

O Bullying e as Essências Florais


por Rosangela Vecchi Bittar
Especialsita em Terapia Floral pela UFPE

O BULLYING E AS ESSÊNCIAS FLORAIS

O bullying é um termo ainda pouco conhecido do grande público. De origem inglesa e sem tradução ainda no Brasil, é utilizado para qualificar comportamentos agressivos no âmbito escolar, praticados tanto por meninos quanto por meninas. Os atos de violência (física ou não) ocorrem de forma intencional e repetitiva contra um ou mais alunos que se encontram impossibilitados de fazer frente às agressões sofridas. Tais comportamentos não apresentam motivações específicas ou justificáveis. Em última instância, significa dizer que, de forma “natural”, os mais fortes utilizam os mais frágeis como meros objetos de diversão, prazer e poder, com o intuito de maltratar, intimidar, humilhar e amedrontar suas vítimas. As vítimas de bullying se tornam reféns do jogo do poder instituído pelos agressores. Raramente elas pedem ajuda às autoridades escolares ou aos pais. Agem assim, domi¬nadas pela falsa crença de que essa postura é capaz de evitar possíveis retaliações dos agressores e por acreditarem que, ao sofrerem sozinhos e calados, pouparão seus pais da decepção de ter um filho frágil, covarde e não popular na escola.

As formas de bullying são:
• Verbal (insultar, ofender, falar mal, colocar apelidos pejorativos, “zoar”)
• Física e material (bater, empurrar, beliscar, roubar, furtar ou destruir pertences da vítima)
• Psicológica e moral (humilhar, excluir, discriminar, chantagear, intimidar, difamar)
• Sexual (abusar, violentar, assediar, insinuar)
• Virtual ou Ciberbullying (bullying realizado por meio de ferramentas tecnológicas: celulares, filmadoras, internet etc.)

Estudos revelam um pequeno predomínio dos meninos sobre as meninas. No entanto, por serem mais agressivos e utilizarem a força física, as atitudes dos meninos são mais visíveis. Já as meninas costumam praticar bullying mais na base de intrigas, fofocas e isolamento das colegas. Podem, com isso, passar despercebidas, tanto na escola quanto no ambiente doméstico.

Ultimamente tem sido um assunto bastante vinculado na mídia embora seja um assunto que venha ocorrendo há décadas nas relações sociais, familiares. Este tipo de assédio acarreta conseqüências graves no aspecto mental e emocional daqueles indivíduos que repercute em ações muitas vezes extremadas e em auto-agressão.

A Raiva, a revolta interiorizada pode acarretar acontecimentos dramáticos para a sociedade e para o indivíduo. As consequências são as mais variadas possíveis e dependem muito de cada indivíduo, da sua estrutura, de vivências, de predisposição genética, da forma e da intensidade das agressões.

No entanto, todas as vítimas, sem exceção, sofrem com os ataques de bullying (em maior ou menor proporção). Muitas levarão marcas profundas provenientes das agressões para a vida adulta, e necessitarão de apoio psiquiátrico e/ou psicológico comcerteza de tratamento complemetar usando a Terapia Floral para a superação do problema.

Os problemas mais comuns são: desinteresse pela escola; problemas psicossomáticos; problemas comportamentais e psíquicos como transtorno do pânico, depressão, anorexia e bulimia, fobia escolar, fobia social, ansiedade generalizada, entre outros. O bullying também pode agravar problemas preexistentes, devido ao tempo prolongado de estresse a que a vítima é submetida.

Em casos mais graves, podem-se observar quadros de esquizofrenia, homicídio e suicídio como vimo no ano passado em uma Escola do Rio de Janeiro.

A identificação precoce do bullying pelos responsáveis (pais e professores) é de suma importância. As crianças normalmente não relatam o sofrimento vivenciado na escola, por medo de represálias e por vergonha. A observação dos pais sobre o comportamento dos filhos é fundamental, bem como o diálogo franco entre eles. Os pais não devem hesitar em buscar ajuda de profissionais da área de saúde mental, para que seus filhos possam superar traumas e transtornos psíquicos. Outro aspecto de valor inestimável é a percepção do talento inato desses jovens. Os adultos devem sempre estimulá-los e procurar métodos eficazes para que essas habilidades possam resgatar sua autoestima, bem como construir sua identidade social na forma de uma cidadania plena.

Os problemas apresentados pelas vítimas do bullyng podem ser tratados de forma complementar através das essências florais que é uma prática integrativa não medicamentosa, natural, que trata aspectos apresentados em decorrência da agressão sofrida: como vergonha, resgate da auto-estima, trata o stress, decontrole emocional, depressão, raiva, revolta, subserviência, o pânico, o trauma e abuso vivenciado, dando a vítima oportunidade de superar o quadro emocional e mental
gerado pelo conflito interior introjetado após vivenciar situação de abuso, assédio, humilhação, intimidação que sofre o agredido.

A pessoa precisa de suporte, apoio para que possa esvasiar a angústia, tristeza, revolta sofrida pelo bullyng.Caso ocntrário teremos adultos com graves problemas emocionais e somatizações no corpo certamente o impedirão de se realizar plenamente na vida. Que pode ser um lupus, um problema de pele como urticária, psoriase, obesidade, e muito mais.

COMO PERCEBER QUANDO UMA CRIANÇA OU ADOLESCENTE ESTÁ SOFRENDO BULLYING? QUAL O COMPORTAMENTO TÍPICO DESSES JOVENS?
As informações sobre o comportamento das vítimas devem incluir os diversos ambientes que elas frequentam. Nos casos de bullying é fundamental que os pais e os profissionais da escola atentem especialmente para os seguintes sinais:

Na Escola:
No recreio encontram-se isoladas do grupo, ou perto de alguns adultos que possam protegê-las; na sala de aula apresentam postura retraída, faltas frequentes às aulas, mos¬tram-se comumente tristes, deprimidas ou aflitas; nos jogos ou atividades em grupo sempre são as últimas a serem escolhidas ou são excluídas; aos poucos vão se desinteressando das atividades e tarefas escolares; e em casos mais dramáticos apresentam hematomas, arranhões, cortes, roupas danificadas ou rasgadas.

Em Casa:
Frequentemente se queixam de dores de cabeça, enjoo, dor de estômago, tonturas, vômi¬tos, perda de apetite, insônia. Todos esses sintomas tendem a ser mais intensos no período que antecede o horário de as vítimas entrarem na escola. Mudanças frequentes e intensas de estado de humor, com explosões repentinas de irritação ou raiva. Geralmente elas não têm amigos ou, quando têm são bem poucos; existe uma escassez de telefonemas, e-mails, torpedos, convites para festas, passeios ou viagens com o grupo escolar. Passam a gastar mais dinheiro do que o habitual na cantina ou com a compra de objetos diversos com o intuito de presentear os outros. Apresentam diversas desculpas (inclusive doenças físicas) para faltar às aulas.

O CONTRÁRIO? O QUE SE PODE NOTAR NO COMPORTAMENTO DE UM PRATICANTE DE BULLYING?

Na escola os bullies (agressores) fazem brincadeiras de mau gosto, gozações, colocam apelidos pejorativos, difamam, ameaçam, constrangem e menosprezam alguns alunos. Fur¬tam ou roubam dinheiro, lanches e pertences de outros estudantes. Costumam ser popula¬res na escola e estão sempre enturmados. Divertem-se à custa do sofrimento alheio.

No ambiente doméstico, mantêm atitudes desafiadoras e agressivas em relação aos fami¬liares. São arrogantes no agir,no falar e no vestir, demonstrando superioridade. Manipulam pessoas para se safar das confusões em que se envolveram. Costumam voltar da escola com objetos ou dinheiro que não possuíam. Muitos agressores mentem, de forma convin¬cente, e negam as reclamações da escola, dos irmãos ou dos empregados domésticos.

O FENÔMENO BULLYING COMEÇA EM CASA?
Muitas vezes o fenômeno começa em casa. Entretanto, para que os filhos possam ser mais empáticos e possam agir com respeito ao próximo, é necessário primeiro a revisão do que ocorre dentro de casa. Os pais, muitas vezes, não questionam suas próprias condutas e valores, eximindo-se da responsabilidade de educadores. O ensinamento de ética, solidariedade e altruísmo inicia ainda no berço e se estende para o âmbito escolar, onde as crianças e adolescentes passarão grande parte do seu tempo.

Baseado na CARTILHA DO Conselho Nacional de Justiça
livro “BULLYING: Mentes Perigosas nas Escolas” de Ana Beatriz Barbosa Silva

Continue lendo este post

O Significado a Fé


por Rosangela Vecchi Bittar

Começamos o ano, estamos no dia 01 do mês primeiro do ano de 2012.
Um bom dia para refletir sobre a Fé que significa confiar, apostar
no objeto de confiança, e então vamos confiar que o futuro possa ser
melhor e considerar que somos construtores responsáveis pelo próprio
futuro. Precisamos confiar em nós mesmo, apostar no próprio crescimento
pessoal.

Se Fé está acima de tudo na confiança, ela não permite: desconfiar,
duvidar, ter medo, se faz necessário armar-se de ingredientes emocionais
que nutram a fé,energizando positivamente.

Com fé vencemos tudo, com fé entendemos que os desafios promovem
crescimento. Como diria o criador da Terapia Floral, os desafios
são oportunidades de mudarmos o curso de vida, o padrão mental,
emocional e comportamental reflertimos após o abalo, questionarmos
e escolhermos um novo caminho para nossas vidas e quem sabe, sermos
pessoas melhores.

Talvez, uma oportunidade para conhecer as essências florais para
auxiliá-lo para passar por tais crises, inteiro, capaz de fazer boas
escolhas, atendo ao que é melhor para si….

A essência floral do Sistema Bach o Gorse ajuda no atributo fé, através de sua energia luminosa.A essência floral Gorse nutre o indivíduo de forças
para enfrentamento, acessando o curador interno.

Vamos começar o ano com Fé, que esta energia radiante ilumine a vida de todos!

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Floral com título de Especialista em Terapia c/Essências Florais pela Universidade Federal de Pernambuco UFPE
Professora – Pesquisadora – Reiki Master – Aromaterapeuta
Coordenadora de Práticas Integrativas e Complementares da Associação Brasileira de Alzheimer e terapeuta floral voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE
Publicações/livros:
Os Benefícios das Essências Florais de Bach no Alzheimer editora Laços SP em lançamento e Ebook: Uso prático da Terapia Floral na Obesidade: O cuidado integral através do uso das Essências Florais
Cursos e Palestras – Atendimento em Recife – PE
E-mail rosangela.bittar@globo.com Contato: (81)8843-0584

Continue lendo este post

A Energia de Cura do Alecrim


(Série o Poder da Natureza)
por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela UFPE
Este artigo foi publicado ela primeira vez em 14.11.2009 no blog Cosméticos Orgânico e Natural e reproduzido em vários blogs mantendo os créditos da autora.

O Alecrim é uma planta cujo nome botânico é Rosmarinus Officinalis, originária do Mediterrâneo (crescia espontaneamente em suas areias), seu nome latino marinus significa “o orvalho do mar”, de odor forte e quente, pertence à família das labiadas. É um arbusto forte com folhas pontiagudas como as do pinheiro. Sozinho vale por uma farmácia medicinal e cosmética.

Conta à lenda que suas flores eram originalmente brancas, mas, após seu contato com Nossa Senhora acompanhada pelo menino Jesus durante a fuga do Egito, tornaram-se da cor azul. Outra curiosidade é que se fala que um pé de alecrim jamais terá sua altura superior a de Cristo quando adulto.

No Antigo Egito era usado nos rituais de purificação. Hoje em dia, é muito usado para proteção e limpeza energética de espaços, colocando-se 7 gotas à entrada do espaço (casa, loja ou outro).Desde os tempos antigos, acredita-se que auxilia a memória e os estudantes gregos tinham o hábito no período de exames, entrelaçarem ramos de alecrim em seus cabelos quando estudavam. Também era usado em casamentos, enterros, igrejas e hospitais para dar sorte, purificar o ambiente (poder anti-séptico).

No século VI, o Rei Carlos Magno decretou que o alecrim deveria ser plantado em todos os jardins do império.

Enfim, o alecrim tem várias propriedades dentre elas é analgésica, estimulante do córtex adrenal, cicatrizante, hipertensora, estimulante, cefálica, antiespasmódica. Dentro seus usos confortam a mente, a memória, excelente para os casos de doenças reumáticas (que são várias), estimula os nervos para os casos de perda de função nervosa, paralisia, perda de fala, pressão baixa, infecções intestinais, flatulência, problemas digestivos, etc. A nível emocional fortalece a auto-estima, dá coragem e auxilia a crianças com estrutura emocional passiva que não respondem à agressão vivida, também excelente para os casos de depressão. Trabalha a noção de tempo físico, com a pressa e sensação de que não temos tempo para nada. A nível energético é um costurador do plexo solar , restitui a energia perdida e casos de exaustão.

O alecrim não é indicado para hipertensos, pessoas epiléticas, alcoólatras e mulheres grávidas.

Seu óleo essencial puro é estimulante da memória e do bom humor. Fortalece a mente quando há esgotamento. Auxilia na clareza de pensamentos. Útil nas dores musculares, reumatismo e resfriado. É um tônico geral, relaxante. Usado em calvície e anti-caspa. Bom para queda de cabelos e como rejuvenescedor da pele. Cicatrizante. Uso em feridas, hipotensão, arteriosclerose, asma, debilidade, desmaios, dor de cabeça, distúrbios hepáticos, gota, cuidado da pele, palpitações, enxaqueca, distúrbio nervoso, fadiga mental, gripe e resfriado, dismenorréia, pedra na vesícula.
Não usar durante a gravidez e nem em epiléticos.

Rudolf Steiner que relata que o alecrim fortalece o “Eu” fortalece processos sanguíneos e estimula o metabolismo.

O Floral elaborado com as flores do Rosmarinus officinalis é encontrado no Sistema da Flower Essence Society (FES) da Califórnia, Estados Unidos, no Sistema Francês de Philippe Deroide, e no Sistema de Minas, Itaúnas, Estado de Minas Gerais, Brasil.

Na FES o nome conhecido é Rosemary que despertam o indivíduo para viver o presente, “encarnar”, ancorar, desperta, promove clareza mental, vitaliza, esquenta (para pessoas com mãos e pés frios), fortalece a vontade, restaura confiança na vida, indicadas para pessoas que se ausentam do corpo físico (sonolentas). Indicada para esquecimentos, pois, fortalece a memória, portanto, auxilia nos estudos, pessoas com problemas circulatórios e reumáticos. Aquece a alma, reconecta. No Francês, é chamado Romarin também menciona que aquece a alma, indicado para aqueles que sentem dificuldade de integrar a energia espiritual e não sentem o “calor interior” da alma. Este estado a nível físico se manifesta em problemas circulatórios e por sentir frio. Esta essência floral é estimulante, traz a qualidade de despertar, são recomendadas para os desorientados, esquecidos (perda de memória), sonolência e pessoas idosas. Destinada a aqueles que têm dificuldade de habitar o corpo ou pessoas exauridas por fadiga intelectual. Segundo Gurudas equilibra o corpo emocional, traz alegria e sensibilidade a pessoas mal humoradas e reservadas. No Sistema Minas é indicada para distraídos, desatentos. As indicações assemelham-se nos vários sistemas florais, muito embora o primeiro floral a base de rosmarinus tenha sido elaborado pela FES. Na verdade a aplicação do Rosmarinus é compatível com o Floral do Sistema Bach Clematis (oriundo das flores silvestres da planta Clematis vitalba) na questão do aprendizado, no estar presente, ancorar na terra embora, não seja integralmente igual em sua indicação.

De qualquer forma o uso correto é com responsabilidade terapêutica num contexto de processo e acompanhado por um profissional qualificado.

Seja com objetivo de auxiliar um jovem que vai prestar vestibular, uma pessoa que apresenta uma doença crônica tipo reumática, envelhecimento, deve ser avaliado caso a caso. Exemplo: uma pessoa com problema reumático não melhorará só com esta essência floral, a ela deverá ser acrescentada outras que contemplem as queixas e questões inerentes a estes pacientes conforme pesquisa científica realizada BITTAR, Rosangela V., Doenças Reumáticas: O Alívio do Sofrimento na Perspectiva da Terapia com Essências Florais.

Concluindo, o Alecrim é uma benção da mãe natureza, que pode ser utilizado de diversas formas como chás, bouquet floral, banhos, óleos e cremes para massagem, réchaud sempre criteriosamente.

Assim, lembro da cantiga de roda que conforta, aquece como sua flor, alegra, trazendo a criança interior de cada um, cuja letra segue abaixo e finaliza este artigo.

Alecrim, Alecrim dourado.
Que nasceu no campo
Sem ser semeado
Alecrim, Alecrim dourado.
Que nasceu no campo
Sem ser semeado
Foi meu amor
Que me disse assim
Que a flor do campo é o alecrim
Foi meu amor
Que me disse assim
Que a flor do campo é o alecrim…

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Pesquisadora com Terapia Floral – Mestre em Reiki
Aromaterapeuta – Cromoterapeuta
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco.
Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE
Veja meus livros!
Cursos e Palestras – Atendimento em Recife – PE
E-mail rosangela.bittar@globo.com
Contato: (81)8843-0584

Continue lendo este post

Essência Floral Alcachofra do Sistema Saint Germain


Imagens cedidas por SGM São Bernardo do Campo, SP.

Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela UFPE

O Sistema Floral de Saint Germain foi criado por Neide Margonari é excelente!Uso bastante este sistema floral em pacientes atendidos na Oncologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco.

Alcachofra (Cynara scolymus) É uma essência floral que efetua grandes transformações na consciência. Um dos aspectos que trabalha, diz respeito ao sentimento de vergonha de um modo geral e do medo que surge nas situações em que a pessoa só pode contar consigo própria, sente-se insegura, apreensiva e medrosa. Floral útil aos que sente necessidade de desenvolver trabalho espiritual elevado e tem vergonha de expor sua própria luz e seu conhecimento a grupos ou às pessoas em geral. A energia deste floral pela expansão da consciência em partes desenergizadas na região do cérebro e do terceiro olho. Floral que nos doa força para percebemos as posturas arraigadas que nos prendem ao passado. Permite que se abra para o novo. Alcachofra é um floral muito útil às pessoas que desejam se atualizar, traz abertura e receptividade.

Continue lendo este post

A Terapia com Essências Florais no contexto da Demência de Alzheimer


Por Rosangela Vecchi Bittar
Especialista em Terapia Floral pela UFPE e coordenadora de Práticas Complementares e Integrativas a Saúde da ABRAz PE.

A Terapia Floral (TF) é uma prática complementar a saúde recomendada pela Associação Brasileira de Alzheimer tanto para a pessoa com este tipo de demência bem como para o uso dos familiares e cuidadores. É uma prática complementar recomendada pela Organização Mundial da Saúde e adotada por vários estados e municípios brasileiros conforme o postulado pelo Ministério da Saúde na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS Portaria 971 de 03/05/2006 tal prática tem ênfase na escuta na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade dentro do paradigma da integralidade do ser contemplando suas várias instancias: física, mental, emocional e espiritual objetivando a qualidade de vida e humanização da saúde. A terapia floral é um instrumento terapêutico não medicamentoso que se utiliza de remédios elaborados a base de flores silvestres é natural, sem contra-indicação, sem uso de agentes químicos podendo ser usado com segurança do bebe ao idoso. Trata principalmente os desequilíbrios emocionais e mentais que provocam sofrimento na alma e corpo do homem. Podemos usá-la em diversas circunstancias: para desenvolvimento pessoal, preventivamente, nas doenças crônicas, doenças somáticas, eventos traumáticos, sobrecarga e desequilíbrios emocionais, depressão, o stress, a síndrome de pânico etc.

Esta terapia (A Terapia Floral) foi criada na Inglaterra pelo médico Dr.Edward Bach especialista em saúde pública, bacteriologista, patologista nos idos de 1930, segundo ele, os conflitos interiores provocam processos de adoecimento e devemos buscar a causa do sofrimento para promover a cura real. O tratamento é feito através de prescrição após anamnese cuidadosa em consultório que resulta em prescrição de fórmula com solução oral apresentada em vidro de 30 ml âmbar com conta-gotas manipulada em farmácias de manipulação em todo Brasil.

A doença ou demência de Alzheimer como sabemos é gradativa, incurável de longa duração, que traz aos envolvidos grande angústia e dor emocional. Para as pessoas com Alzheimer a Terapia Floral complementa o tratamento alopático tratando a depressão, traumas, que geralmente acompanha tais pacientes, os distúrbios de comportamento como desconfiança, agressividade, perambulação e agitação. Atua dissolvendo os padrões disfuncionais que provocam conflitos entre os familiares pela sobrecarga que a própria doença impõe. No processo de desenvolvimento da doença o cuidador passa por grande estresse emocional, depressão, sendo afligido por todo tipo de emoções que o desequilibram que podem ir da raiva, tristeza, desespero, culpa, ressentimento, impaciência, angústia, ansiedade, perda de individualidade, medo, cansaço físico e mental. Os conflitos, a avalanche de problemas e emoções desencadeadas causam sofrimento, desgaste das energias e conseqüentemente afetam a homeostase assim baixando a imunidade da pessoa podendo vir a desenvolver doenças somáticas a nível físico.

Os Florais atuam nos processos dissolvendo os padrões negativos que trazemos dentro de nós por crenças aprendidas ou absorvidas, devido a situações desgastantes do ambiente social, estilo de vida, hábitos mentais, emoções negativas, atitudes e comportamentos que nos refreiam e limitam e provocam sofrimento no aspecto emocional, social e comportamental.

A utilização da Terapia com Essências Florais, visa dar qualidade de vida a pessoa com DA e objetiva no que concerne ao núcleo familiar, facilitar a convivência e aceitação da doença, na perspectiva de minimizar a sobrecarga emocional do cuidador, gerando benefício ao próprio paciente.

O tratamento é realizado por um profissional qualificado de nível superior que tenha Especialização em Terapia Floral na Universidade Federal de Pernambuco, na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, na FACIS em S. Paulo, ou extensão para pessoas do nível médio como na USP ligado ao Depto. de Enfermagem e algumas formações vinculadas a Associações de classe como ocorre em Campo Grande no Mato Grosso do Sul ASTERFLOR, no Estado do Rio de Janeiro a RIOFLOR, em Minas Gerais a Associação Mineira de Terapeutas Florais, no Rio Grande do Sul a ARTFLOR Associação Riograndense de Terapeutas Florais etc. ou cursos idôneos a nível de especialização, extensão e formação de terapeutas florais para pessoas que queiram ingressar na carreira com no mínimo uma carga horária de 100 hs, incluindo estágio supervisionado para acompanhamento de casos.

No entanto, o terapeuta para tratar uma pessoa com Alzheimer precisa estar familiarizado com tais pacientes, precisar conhecer este universo para tanto, estou produzindo livro contendo informações para tal que deverá ser lançado em novembro próximo destinado a terapeutas, familiares, cuidadores em geral contemplando o Cuidar e o Auto-cuidado com o título: Os Benefícios das Essências Florais e Bach no Alzheimer pela Editora Laços de S.Paulo.

Continue lendo este post

Os Florais no Processo de Envelhecimeto.


por Rosangela Vecchi Bittar

Desde o momento que nascemos começamos a envelhecer. Na
idade adulta com o passar dos anos a pele envelhece, o cabelo
embranquece, os olhos ficam cansados, o corpo declina mostrando
os sinais do passar do tempo, dores físicas, dores emocionais,
doenças, contabilizamos perdas mas acumulamos experiências e
lembranças que precisamos manter através da dinamização da
memória e do cuidado para não sermos atingidos por algum
tipo de demência.

Precisamos procurar qualidade de vida através de quatro
pilares: da alimentação saudável, atividade física,
saúde emocional e força espiritual.

O jovem de hoje precisa se cuidar para se tornar no futuro
um idoso saudável.

Ao longo da vida acumulamos boas experiências, mas também
sofrimento, precisamos trabalhar noss viver tomando iniciativas
contrutivas e saudáveis e uma delas é a Terapia com Essências
Florais que primariamente cuida do emocional (do pensar, do sentir)
que afeta relações e comportamentos.

Essências florais como o Holly,o Gorse e o Star of Bethlehem
são fundamentais que trabalham a abertura do coração para perdoar;
a esperança;os traumas e abusos, estas três iluminam qualquer ser.
São flores cujas respectivas cores são: vermelho, amarelo e branco.
Afora estas mencionadas existem aquelas que atuam nas características
individuais de personalidade e para as circunstâncias vividas.

Da Califórnia temos: Angel’s Trumpet especialmente para a
deterioração física e morte; Angelica para proteção; Bleeding
Heart para as perdas emocionais; Pentesmon para acessar a
coragem para vencer os desafios; Sage para acessar a sabedoria
contida nas experiências vividas, serenidade interior e
muitas essências mais.

A Terapia Floral oferece em seus vários sistemas oriundos
do exterior ou dos sistemas brasileiros como o de S.Germain
ou Minas, etc …oportunidades de tratamento e alcançar a paz,
a plenitude necessária para viver o passar dos anos da melhor
forma.

Terapeuta Floral com título de Especialista em Terapia c/Essências Florais pela Universidade Federal de Pernambuco UFPE
Professora – Pesquisadora Terapia Floral – Reiki Master – Aromaterapeuta
Escreve para diversos site e blogs
Coordenadora de Práticas Integrativas e Complementares da Associação Brasileira de Alzheimer voluntária da Oncologia do HC UFPE.
Publicações/livros:
•Os Benefícios das Essências Florais de Bach no Alzheimer a ser lançado em breve.
•Ebook: Uso prático da Terapia Floral na Obesidade: O cuidado integral através do uso das Essências Florais

Continue lendo este post

ESTUDO DE CASO DE PROBLEMA DE MEMÓRIA – ABRAz



Trabalho Apresentado em versão poster no VII Congresso Brasileiro de Alzheimer

ABRAz Belem.

ESTUDO DE CASO DE PROBLEMA DE MEMÓRIA DE CUIDADOR IDOSO DE PESSOA COM ALZHEIMER TRATADO PELA TERAPIA FLORAL.

AUTORA: BITTAR, V. ROSANGELA

PALAVRAS CHAVE: Memória, Terapia Floral, Essências Florais, Cuidador Idoso.

INTRODUÇÃO:

A Terapia Floral é uma prática complementar a saúde, natural não medicamentosa que trata os estados mental e emocional de cada indivíduo, de forma suave e gentil promovendo e catalisando mudanças positivas dentro da à visão ampla do cuidado integral.

OBJETIVO: Avaliação sobre uso da Terapia das Essências Florais no tratamento dos problemas de memória decorrentes do stress traumático em eventos de luto e doença grave.

METODOLOGIA: Estudo do caso com acompanhamento sistematizado em consultório hospitalar em paciente do SUS com do uso das essências florais do Sistema Californiano e BACH

DISCUSSÃO: A paciente de 67 anos, professora aposentada, solteira, encaminhada para atendimento com a Terapia Floral pela onco-psicóloga, atendida com diagnóstico de câncer de mama. Encontrava-se emocionalmente desequilibrada apresentando como sintomas emocionais: angústia, depressão, tristeza, choro convulsivo e perda de memória. Será que um evento traumático abala a memória? Na anamnese pergunto sobre episódio traumático anterior ao diagnóstico de câncer? Ela relata que foi cuidadora da mãe falecida com Alzheimer, com o luto ficou deprimida, saudosa, inconsolável, pois sua vida se resumia ao ato de cuidar. Suas queixas principais: depressão e problemas de memória. A perda de memória de curto prazo destacada: “não consegue completar as frases, começa a falar pára por esquecer das palavras”, “gosta de ler mas não consegue lembrar o que leu”. Fez o tratamento cirúrgico, quimioterápico e radioterápico tomando as essências florais de 10/ 2009 a 04/2011 comparecendo mensalmente ao consultório terapêutico. Foram tratados os diversos aspectos emocionais e mentais da paciente, limpeza do lixo emocional que provocava sofrimento interior; a saudade, depressão promovendo a aceitação do fato, nutrição emocional, resgate da auto-estima e individualidade priorizando a integridade física e emocional; a utilização de essências florais direcionadas para dinamização da memória.

RESULTADOS:

Aquisição de equilibro emocional, tranqüilidade, auto-estima e individualidade resgatada, a memória ativada que se reflete na manutenção da conversação e na recordação dos textos lidos o quais discute. Seu bem-estar se reflete na aparência renovada, saudável e sorridente.

CONCLUSÕES:

A Terapia Floral é uma terapia que complementa outros tratamentos, reintegra e equilibra os aspectos emocionais e mentais, assegurando alívio do sofrimento restabelecendo a integralidade do ser. Das essências florais usadas pela paciente destacamos as escolhidas para a queixa memória: Lótus, Mallow, Dogwood, Rosemary, Corn, Madia, Ladys Sleeper, Queens Annes Lace;Sistema BACH chestnut bud, clematis, walnut, usadas em fórmulas com combinações diferenciadas conforme a evolução a paciente.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

KAMINSKI, Patrícia et KATZ Richard, Um Guia Abrangente das Essências Florais Norte-Americanas e Inglesas, para o Bem-estar Emocional e Espiritual, São Paulo Editora Triom, 2003.

BITTAR, Rosangela Vecchi; Os Benefícios das Essências Florais de Bach no Alzheimer

A Sobrecarga do Cuidador e nos Distúrbios de Comportamento, Editora LAÇOS, S.Paulo, 2011.lançamento breve.

Continue lendo este post

A Terapia Floral e a Espiritualidade



Por Rosangela V. Bittar

Algumas almas vêm das estrelas, todos estão em processo de evolução. Muitos reencarnaram na atualidade a fim de colaborar no processo de desenvolvimento da humanidade.

Muitas almas já conviveram e adquiriram conhecimento que podem ajudar no entendimento de nossos irmãos que sofrem encarnados e desencarnados.

Somos todos testados invariavelmente em nossas dúvidas e em nossas certezas. Não adianta fugir. Encontramos nesta vida física amigos e inimigos que muitas vezes recebemos amorosamente, mas no uso do seu livre arbítrio escolhem o caminho tortuoso, repetitivo e errático já vivido.

Precisamos respeitar essas escolhas, alguns de nós sabiamente vislumbramos oportunidade de redenção de nossos irmãos através do vinculo afetivo e assim assumimos responsabilidade respectiva com essas almas, às adotamos e sofremos revezes nesta tentativa de resgate, mas não temos permissão de interferir no livre arbítrio individual apenas podemos tentar influenciar positivamente.

Mas que fazer?

Perdoar e caminhar, para que este encontro oportunizado pelo Universo não sirva de prisão travando nosso progresso espiritual ou nos deprimindo pelo eventual insucesso. Que a experiência sirva de aprendizado, perseverança, compaixão, libertação pelo amor e trabalho consciente do ato de perdoar a si e aos outros.

O nível vibratório emanado por emoções como Medo, Raiva, Tristeza, Ansiedade deprimem a nossa alma imortal faz-nos próximos de egrégoras inferiores as quais se perderam no tempo espiritual. Falanges opressoras, conselheiras de atos pequenos e abusos, crenças punitivas e destruidoras que não reformam ninguém só oprimem que reverberam na instancia material após episódios de confronto.

Quando verificamos que caímos numa armadilha dessas (independente de crença religiosa) precisamos encontrar força e reagir elevando nossos pensamentos ao Pai , no Amor Divino. Os desequilíbrios do espírito se materializam em doenças que transfiguram o ser.

Pessoas com doenças tidas como terminais ficam abaladas emocionalmente perdem força vital e espiritual, o padrão de pensamento é rebaixado emanando energia pesada que os escravizam de certa maneira a nível espiritual do umbral espírita ou purgatório para o católico. Escravidão esta, inconscientemente consentida pela angustia, revolta, ódio, tristeza e medo de morrer, desespero, dor, criando elo que os mantem num circulo vicioso que impede a cura real, integral e libertadora.

Amigos combatam a escuridão dos pensamentos negativos, procurem forças para cortarem os vínculos que podem os prender a entidades que seguramente se estivessem em estado equilibrado não gostariam de conviver.

Existem meios materiais para auxiliá-los, um desses caminhos é a Terapia Floral através das essências que trabalham a espiritualidade. Na verdade todas as essências florais atuam nesse nicho, no entanto existem aquelas que são mais pontuais para este fim.

Sistema Bach: Gorse, Holly, Mustard, Rescue Remedy, Walnut, Sweet Chestnut, Star of. Bethlehem.

Sistema da California: Angelica, Arnica, Garlic, Lotus, Saint John Wort, Basil, Rue, Yarrow, Ladys Mantle, e outras.

Sistema Pacific Essence : Salal, Dolphin, Whale, Urchin, Poplar, Stargon Algae e outras.

Sistema Minas: Basilicum, Aleluia, Dianthus, Linum, Passiflora e outras.

Sistema de Saint Germain: Algodão, Allium, Arnica, Abricó, Coronarium, Carrapichão, Lotus Magnólia, Flor Branca , Lírio da Paz , Lotus do Egito e outras.Este sistema julgo o mais indicado para trabalhar limpeza e abertura espiritual. Costumo usar em pacientes com câncer onde as egregoras espirituais obsessivas adoram assediar. Para isso é necessário conhecer conceitos energéticos e espiritualidade; conhecimento das essências florais e seus mecanismos de ação e constituição destinando para este fim.

Livrar-se das amarras que emperram o entendimento e desenvolvimento é necessário acessando a fagulha cristica concedida a cada um de nós como filhos de Deus para assumirmos o lugar a que somos destinados. Ouvindo o chamado da alma, despertando e respeitando a intuição, curando o coração.

Paz a todos de boa vontade!

Paz para a humanidade!

Liberdade para ser de acordo com o verdadeiro Eu, procurando a Felicidade com responsabilidade. Amando o próximo como gostaríamos de ser amados, com confiança e fé.

Rosangela Vecchi Bittar

Especialista em Terapia Floral pela UFPE

Coordenadora de Práticas Integrativas e Complementares da ABRAz PE

Terpaeuta Floral voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE

Autora do Livro: Uso prático da Terapia Floral na Obesidade:

O cuidado integral através do uso das Essências Florais
Colunista dos sites:

bemcomvoce,livredaobesidade,cosmeticosorganicosnaturais.blogspot.com

Pesquisadora – Reiki Master – Aromaterapeuta

Palestrante e Professora.

Atendimento presencial em Boa Viagem Recife

Atendimento virtual pelo email ou skype: rosangelaflorais

contato email: rosangela.bittar@globo.com

tel.: (81) 8843-0584

Continue lendo este post

O Ser Terapeuta


O ser Terapeuta:
por Rosangela Vecchi Bittar

Atitude Interior
O tratamento energético exige de quem os dispensa alinhamento de seus atos, pensamentos e palavras, pois analogamente o terapeuta assemelha-se a um vaso de cristal. O terapeuta precisa primeiro, trabalhar a si mesmo (auto-cuidado) enquanto pessoa e a procurar estar purificado a nível energético, isto não significa que precise ser perfeito pois como a vida é dinâmica sempre temos nossas próprias questões, no entanto, devemos como terapeutas estar atentos e estar sempre nos cuidando em primeiro lugar para podermos estar em condições de cuidar de outras pessoas.

O terapeuta é um acima de tudo um orientador amoroso.

O desejo
Frequentemente o terapeuta tende a desejar sempre curar e tornar-se indispensável ao paciente. Devemos considerar que um ser que sofre, não sofre por acaso. Através da provação que passa, ele aprende e cresce. A provação existe para promover o movimento de apreciar o que está errado em nossas vidas, nos desafiando a pensar em superar de forma positiva nossas dificuldades que são desafios evolutivos.
Devemos considerar o livre arbítrio de nossos pacientes. Muitos doentes não querem se curar. A doença se apresenta como uma proteção, uma defesa que dá sentido a vida daquela pessoa. Como terapeutas podemos orientar, ajudar, oferecer elementos para direcionar no caminho da cura mas a Cura mesmo, a vida ou morte não depende de nós.
Depende de cada um, da decisão interior do paciente.

O julgamento
Devemos oferecer a quem nos procura confiança e paz, sem julgar; apenas apoiando e conduzindo durante o processo de cada um.

A compaixão
Ter compaixão não significa naufragar com o outro, mas amá-lo suficientemente para saber e entender o que ele sente, compreendê-lo e apoiá-lo no processo dando subsídios para romper com crenças pré-estabelecidas e efetuar as próprias escolhas usando como ferramenta o livre arbítrio.

A transmutação
Não se destroe o mal, mas devemos transmutá-lo, transformando o em luz. As sombras necessitam ser transformadas e não alimentadas.
As formas de pensamentos de ódio, cólera,insegurança,desconfiança, rancor fortalecem as sombras, portanto precisamos perdoar, amar, buscar o fortalecimento pessoal, discernimento, para acessar forças positivas e nutridoras da luz.
Os pensamentos ou formas de pensamento de baixa vibração ficarão a volta da pessoa que o gerou atraindo como um imã, energias da mesma vibração. É a atração que traz para si pessoas com problemas semelhantes buscando ajuda.O espelhamento que o Universo promove para a reflexão, desenvolvimento e transformação pessoal do terapeuta e do paciente, ambos crescem, ambos evoluem.

Para superar as crenças, dificuldades e conflitos pessoais temos as Essências
Florais que nos auxiliam na caminhada evolutiva promovendo o fortalecimento
do “Eu”, entendimento e superação das limitações auto-instaladas, aprendidas
nos círculos de convivência ou absorvidos através de energias intrusas.

Busquem o equilíbrio, a paz, a harmonia e sobretudo a compreensão, o discernimento para que restabelecidos e plenos possam viver de forma digna exercendo o papel de viver a vida de forma positiva, enriquecedora e feliz!

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Professora, Escritora ebook: Uso Prático da Terapia Floral na Obesidade
Disponível no site: http://www.viaebooks.com.br/noticias/promocao-ebook-terapia-floral-na-obesidade/
Professora, Pesquisadora com Terapia Floral – Mestre em Reiki
Aromaterapeuta – Cromoterapeuta
Colunista: bemcomvocê, organicoenatural, livredaobesidade.
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco.
Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE
Cursos e Palestras – Consultas presenciais em Boa Viagem
Rua Padre Bernardino Pessoa, 633 prox. Ao colégio Sta Maria Recife – PE
Consultas também SKYPE rosangelaflorais ou via email.
Contato: rosangela.bittar@globo.com
Contato: (81)8843-0584 e 8130-5882

Continue lendo este post

A Essência Floral Heather do Sistema Bach


por Rosangela Vecchi Bittar

Heather (Calluna Vulgaris)
EGOCENTRISMO, PREOCUPAÇÃO CONSIGO MESMO

Padrões de Desequilíbrio – Egocentrismo. Preocupação, consigo próprio. “Obcecado” por doenças, por problemas e as suas trivialidades. Centrado em si mesmo, procura sempre uma plateia que o ouça falar dos seus problemas. As vezes chegam a ser lamurientos. Colam-se ás pessoas e não despegam, querem atenção a todo o custo, não ouvem os outros e não descriminam os interlocutores: Chegam-se muito perto – falam bem próximo das pessoas, forçando-as a conversar. Sugam a vitalidade alheia e por isso, costumam ser evitados. Detestam ficar sozinhos. Fazem tempestades em copos d’água, ouvem muito pouco o que lhes é dito, pois não têm interesse nos problemas dos outros, só se preocupam consigo mesmas, monopolizam as conversas. São ávidos, comem muito sem seleccionar e devido a grandes carências afectivas esperam que se cuide delas permanentemente. Tem necessidade compulsiva de descarregar as suas emoções, extravasando-as sobre os outros. Crianças choronas, mentirosas e “dengosas” e para adultos chorões que se sentem intimamente solitários e abandonados. Para doentes psicossomáticos.

Qualidades Positivas – Pessoas empáticas, disponíveis e atentas aos problemas dos outros, que criam atmosfera de energia e confiança à sua volta e dispostas a ouvir e amar a si mesmas e aos outros; pessoa altruísta e compreensiva. Pelo facto de ter sofrido, está sempre disposto a ouvir e a ajudar, é um adulto capaz de dar e receber, em lugar de ser a “criança carente” do estado desequilibrado. Heather também restaura a vitalidade sugada por outras pessoas, a quem se deixa absorver pelos problemas dos outros e não mede esforços para ajudá-los.

Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Professora, Escritora ebook: Uso Prático da Terapia Floral na Obesidade
Disponível no site: http://www.viaebooks.com.br/noticias/promocao-ebook-terapia-floral-na-obesidade/
Professora, Pesquisadora com Terapia Floral – Mestre em Reiki
Aromaterapeuta – Cromoterapeuta
Colunista: bemcomvocê, organicoenatural, livredaobesidade.
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco.
Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE
Cursos e Palestras – Consultas presenciais em Boa Viagem
Rua Padre Bernardino Pessoa, 633 prox. Ao colégio Sta Maria Recife – PE
Consultas também SKYPE rosangelaflorais ou via email.
Contato: rosangela.bittar@globo.com
Contato: (81)8843-0584 e 8130-5882

Continue lendo este post